Teste de campo do Guia para um Currículo Multiprofissional de Segurança do Paciente da Organização Mundial da Saúde

FARLEY, D. ; ZHENG, H. ; ROUSI, E. ; LEOTSAKOS, A.
Título original:
Field Test of the World Health Organization Multi-Professional Patient Safety Curriculum Guide
Resumo:

Introdução: Embora a importância da formação em segurança do paciente já seja reconhecida há mais de uma década, ela continua a ser subutilizada e subvalorizada na maioria dos países. A OMS desenvolveu o Guia para um Currículo Multiprofissional de Segurança do Paciente, a fim de apresentar às faculdades os requisitos e as ferramentas que lhes permitirão incorporar a segurança do paciente na educação em saúde. O Guia foi submetido a um teste de campo com 12 faculdades participantes das seis regiões da OMS para avaliar sua eficácia no ensino da segurança do paciente a estudantes de graduação e pós-graduação em ambientes variados de todo o mundo.

Métodos: A avaliação utilizou um desenho combinado prospectivo/retrospectivo para gerar informações formativas sobre as experiências de trabalho com o Guia e informações sumativas sobre os impactos deste. Realizando inquéritos junto aos estudantes e entrevistas com outras partes interessadas, coletamos dados em cada faculdade participante em três momentos distintos: no início do teste de campo (linha de base), logo após o início da formação em cada faculdade e logo após a conclusão da formação em cada faculdade.
 
Resultados: As partes interessadas entrevistadas deram respostas muito positivas sobre o Guia, observando que ele enfatizou tópicos de segurança do paciente de importância universal, foi culturalmente apropriado em seu país e deu credibilidade e atenção à segurança do paciente em sua faculdade. As percepções e atitudes dos estudantes em relação à segurança do paciente melhoraram consideravelmente durante o teste de campo e seus conhecimentos sobre os tópicos ensinados duplicaram – a porcentagem  de respostas corretas nos inquéritos realizados junto aos estudantes passou de 10,7% para 20,8%.

Discussão: Esta avaliação documentou a eficácia do Guia, tanto em relação à sua fácil utilização pelas faculdades quanto à sua capacidade de melhorar os conhecimentos em segurança do paciente dos estudantes da área de saúde. A OMS deveria estar comprometida com o refinamento do conteúdo do Guia e avançar no sentido de promover seu uso mais amplo no ensino da segurança do paciente em todo o mundo.

Resumo Original:

Introduction: Although the importance of training in patient safety has been acknowledged for over a decade, it remains under-utilized and under-valued in most countries. WHO developed the Multi-professional Patient Safety Curriculum Guide to provide schools with the requirements and tools for incorporating patient safety in education. It was field tested with 12 participating schools across the six WHO regions, to assess its effectiveness for teaching patient safety to undergraduate and graduate students in a global variety of settings.

Methods:The evaluation used a combined prospective/retrospective design to generate formative information on the experiences of working with the Guide and summative information on the impacts of the Guide. Using stakeholder interviews and student surveys, data were gathered from each participating school at three times: the start of the field test (baseline), soon after each school started teaching, and soon after each school finished teaching.

Results: Stakeholders interviewed were strongly positive about the Guide, noting that it emphasized universally important patient safety topics, was culturally appropriate for their countries, and gave credibility and created a focus on patient safety at their schools. Student perceptions and attitudes regarding patient safety improved substantially during the field test, and their knowledge of the topics they were taught doubled, from 10.7% to 20.8% of correct answers on the student survey.

Discussion: This evaluation documented the effectiveness of the Curriculum Guide, for both ease of use by schools and its impacts on improving the patient safety knowledge of healthcare students. WHO should be well positioned to refine the contents of the Guide and move forward in encouraging broader use of the Guide globally for teaching patient safety.

Fonte:
; 10(9): e0138510; 2015. DOI: 10.1371/journal.pone.0138510.