O projeto colaborativo para tromboembolismo venoso do hospital Johns Hopkins: abordagem em equipes multidisciplinares para alcançar a profilaxia perfeita.

Streiff MB1,2,3 ; Lau BD3,4,5,6 ; Hobson DB3,4,7 ; Kraus PS8 ; Shermock KM1,8,9 ; Shaffer DL4,7 ; Popoola VO4
Título original:
The Johns Hopkins Venous Thromboembolism Collaborative: Multidisciplinary team approach to achieve perfect prophylaxis.
Resumo:

O tromboembolismo venoso (TEV) é uma importante causa de danos evitáveis em pacientes internados. As etapas fundamentais na prestação de um cuidado ideal para a prevenção de TEV incluem: (1) avaliação do risco de TEV e de sangramento em cada paciente, (2) prescrição de profilaxia para TEV adequada ao risco, (3) administração de profilaxia para TEV adequada ao risco e centrada no paciente e (4) monitoramento contínuo dos resultados para identificar novas oportunidades de aprendizado e melhoria do desempenho. Para assegurar que cada paciente hospitalizado receba profilaxia para TEV consistente com o seu nível de risco individual e suas preferências pessoais para o cuidado, organizamos uma força-tarefa multidisciplinar, a Johns Hopkins VTE Collaborative. Para alcançar o objetivo de oferecer uma profilaxia perfeita para cada paciente, desenvolvemos conjuntos de prescrições para profilaxia de TEV baseados em evidências, separados por especialidades e auxiliados por sistemas computadorizados de apoio à decisão que ajudam os profissionais na prescrição de prevenção de TEV adequada ao risco. Desenvolvemos novas estratégias para melhorar as práticas de prescrição da prevenção de TEV pelos profissionais, incluindo revisões do desempenho em reuniões presenciais, pagamento por desempenho e sistemas de pontuação para avaliação dos profissionais em relação à prevenção do TEV. Quando descobrimos que a prescrição da profilaxia de TEV adequada ao risco não garantia a sua administração, a nossa equipe de pesquisa multidisciplinar conduziu um inquérito aprofundado com pacientes, enfermeiros e médicos para desenhar uma intervenção educacional multidisciplinar centrada no paciente, a fim de eliminar o problema das doses não administradas de profilaxia farmacológica para TEV, que foi financiada pelo Patient Centered Outcomes Research Institute. Esperamos que os estudos atualmente em curso nos aproximem do objetivo de oferecer um cuidado perfeito para a prevenção de TEV a todos os pacientes. A nossa jornada de aprendizado para eliminar os danos causados pelo TEV pode ser aplicada a outros tipos de danos. 

Resumo Original:

Venous thromboembolism (VTE) is an important cause of preventable harm in hospitalized patients. The critical steps in delivery of optimal VTE prevention care include (1) assessment of VTE and bleeding risk for each patient, (2) prescription of risk-appropriate VTE prophylaxis, (3) administration of risk-appropriate VTE prophylaxis in a patient-centered manner, and (4) continuously monitoring outcomes to identify new opportunities for learning and performance improvement. To ensure that every hospitalized patient receives VTE prophylaxis consistent with their individual risk level and personal care preferences, we organized a multidisciplinary task force, the Johns Hopkins VTE Collaborative. To achieve the goal of perfect prophylaxis for every patient, we developed evidence-based, specialty-specific computerized clinical decision support VTE prophylaxis order sets that assist providers in ordering risk-appropriate VTE prevention. We developed novel strategies to improve provider VTE prevention ordering practices including face-to-face performance reviews, pay for performance, and provider VTE scorecards. When we discovered that prescription of risk-appropriate VTE prophylaxis does not ensure its administration, our multidisciplinary research team conducted in-depth surveys of patients, nurses, and physicians to design a multidisciplinary patient-centered educational intervention to eliminate missed doses of pharmacologic VTE prophylaxis that has been funded by the Patient Centered Outcomes Research Institute. We expect that the studies currently underway will bring us closer to the goal of perfect VTE prevention care for every patient. Our learning journey to eliminate harm from VTE can be applied to other types of harm.

Fonte:
; 11(2): S8-S14; 2016. DOI: 10.1002/jhm.2657.