Melhoria da qualidade do cuidado cirúrgico em enfermarias com um pacote de intervenções de fatores humanos

Johnston MJ1 ; Arora S ; King D ; Darzi A
Título original:
Improving the Quality of Ward-based Surgical Care With a Human Factors Intervention Bundle.
Resumo:

OBJETIVO:
Este estudo procurou explorar o impacto de um pacote de intervenções de fatores humanos sobre a qualidade do cuidado cirúrgico nas enfermarias de um hospital do Reino Unido.
CONTEXTO:
A melhoria da cultura de uma equipe cirúrgica é uma tarefa difícil. O envolvimento com os participantes antes da intervenção é fundamental. Estudos demonstraram que a supervisão apropriada pode melhorar a segurança em enfermarias cirúrgicas.
MÉTODOS:
Realizamos um estudo do tipo pré/pós-intervenção. O pacote de intervenções foi composto por duas rondas diárias nas enfermarias, um “chefe residente da semana” disponível o tempo todo na enfermaria, um escalonamento do protocolo de cuidado e cartões de contatos para a equipe. Ao todo, 27 cirurgiões iniciantes e experientes preencheram questionários validados que avaliaram a supervisão, o escalonamento do cuidado e a cultura de segurança antes e após a intervenção, juntamente com entrevistas para explorar melhor o impacto da intervenção. Também foram analisados os resultados do cuidado antes e após a intervenção.
RESULTADOS:
Os questionários revelaram melhorias significativas na supervisão após a intervenção (mediana dos cirurgiões experientes pré 5 vs. pós 7, p=0,002 e iniciantes 4 vs. 6, p=0,039) e na facilidade para abordar os cirurgiões experientes* (iniciantes 5 vs. 6, p=0,047). Ambos os grupos concordaram que se sentiriam mais seguros como pacientes em seu hospital após a intervenção (experientes 3 vs. 4,5, p=0,021 e iniciantes 3 vs. 4, p=0,034). As entrevistas confirmaram que a cultura de segurança no departamento melhorou. Não houve diferenças na mortalidade hospitalar, ocorrência de parada cardíaca, reoperação ou taxas de reinternação antes e após a intervenção.
CONCLUSÃO:
A melhoria da supervisão e a introdução de protocolos claros pode melhorar a cultura de segurança em enfermarias cirúrgicas. Trabalhos futuros devem avaliar o efeito dessas medidas sobre os resultados do cuidado em múltiplas instituições.

Resumo Original:

OBJECTIVE:
This study aimed to explore the impact of a human factors intervention bundle on the quality of ward-based surgical care in a UK hospital.
SUMMARY OF BACKGROUND DATA:
Improving the culture of a surgical team is a difficult task. Engagement with stakeholders before intervention is key. Studies have shown that appropriate supervision can enhance surgical ward safety.
METHODS:
A pre-post intervention study was conducted. The intervention bundle consisted of twice-daily attending ward rounds, a "chief resident of the week" available at all times on the ward, an escalation of care protocol and team contact cards. Twenty-seven junior and senior surgeons completed validated questionnaires assessing supervision, escalation of care, and safety culture pre and post-intervention along with interviews to further explore the impact of the intervention. Patient outcomes pre and postintervention were also analyzed.
RESULTS:
Questionnaires revealed significant improvements in supervision postintervention (senior median pre 5 vs post 7, P = 0.002 and junior 4 vs 6, P = 0.039) and senior surgeon approachability (junior 5 vs 6, P = 0.047). Both groups agreed that they would feel safer as a patient in their hospital postintervention (senior 3 vs 4.5, P = 0.021 and junior 3 vs 4, P = 0.034). The interviews confirmed that the safety culture of the department had improved. There were no differences in inpatient mortality, cardiac arrest, reoperation, or readmission rates pre and postintervention.

Fonte:
; 267(1): 73-80; 2018. DOI: 10.1097/SLA.0000000000002089.