Hemovigilância internacional: o que aprendemos e o que precisamos fazer agora?

Wood EM ; Ang AL ; Bisht A ; Bolton-Maggs PH ; Bokhorst AG ; Flesland ; Land K
Título original:
International haemovigilance: what have we learned and what do we need to do next?
Resumo:

A International Haemovigilance Network (IHN) define a hemovigilância como "um conjunto de procedimentos de vigilância que abrange toda a cadeia transfusional (desde a coleta de sangue e seus componentes até o acompanhamento dos receptores), destinado a coletar e avaliar informações sobre efeitos inesperados ou indesejáveis resultantes do uso terapêutico de produtos lábeis do sangue, e para prevenir a sua ocorrência ou recorrência". A IHN, a International Society of Blood Transfusion e a Organização Mundial da Saúde trabalham juntas para apoiar o desenvolvimento e o estabelecimento de sistemas de hemovigilância. Os sistemas de hemovigilância geram dados valiosos sobre uma série de eventos adversos relacionados à doação de sangue e à transfusão clínica, desde a síncope de doadores até infecções transmitidas por transfusão, complicações imunológicas e o impacto dos erros humanos. Definições harmonizadas para a maioria das reações adversas foram desenvolvidas e validadas internacionalmente. As definições de complicações pulmonares estão sendo novamente revistas. Os dados de hemovigilância têm levado a alterações nas políticas, produtos e práticas e podem complementar e fundamentar a realização de auditorias e a pesquisa clínica, aumentando a segurança dos doadores de sangue, otimizando a utilização dos produtos e melhorando os resultados clínicos após a transfusão. No entanto, ainda há muito a ser feito. Nem todos os países contam com sistemas de hemovigilância. São necessários dados mais robustos e uma análise cuidadosa para melhorar a compreensão das causas, da ocorrência e dos resultados clínicos desses eventos. Uma maior divulgação dos resultados facilitará o desenvolvimento de políticas de saúde a nível internacional, e a implementação das recomendações de hemovigilância contribuirá para novos avanços importantes na segurança das transfusões de sangue.
PALAVRAS-CHAVE:
reação adversa; biovigilância; transfusão de sangue; hemovigilância; fatores humanos
 

Resumo Original:

bstract
The International Haemovigilance Network (IHN) defines haemovigilance as 'a set of surveillance procedures covering the whole transfusionchain (from the collection of blood and its components to the follow-up of recipients), intended to collect and assess information on unexpected or undesirable effects resulting from the therapeutic use of labile blood products, and to prevent their occurrence or recurrence'. IHN, the International Society of Blood Transfusion and World Health Organization work together to support both developing and established haemovigilance systems. Haemovigilance systems provide valuable data on a range of adverse events related to blood donation and clinical transfusion, from donor syncopal events to transfusion-transmitted infections, immunological complications and the impact of human errors. Harmonised definitions for most adverse reactions have been developed and validated internationally. Definitions of pulmonary complications are again under review. Haemovigilance data have resulted in changes in policy, products and practice, and can complement and inform clinical audit and research, leading to improved blood donor safety, optimised product use and better clinical outcomes after transfusion. However, more work is needed. Not all countries have haemovigilance systems in place. More robust data and careful analysis are required to improve the understanding of the causes, occurrence and clinical outcomes of these events. Wider dissemination of results will facilitate health policy development internationally, and implementation of haemovigilance recommendations will support further important progress in blood safety.
KEYWORDS:
adverse reaction; biovigilance; blood transfusion; haemovigilance; human factors

Fonte:
; 29(4): 221-230; 2019. DOI: 10.1111/tme.12582..