Desenho e implementação de um modelo temporário de atenção a pacientes de unidades de terapia intensiva em serviços de emergência durante o surto pandêmico de COVID-19

Byron C. Drumheller ; Darren P. Mareiniss ; Ryan C. Overberger ; Erin E. Sabolic
Título original:
Design and implementation of a temporary emergency department-intensive care unit patient care model during the COVID-19 pandemic surge Byron C Drumheller 1, Darren P Mareiniss 1, Ryan C Overberger 1, Erin E Sabolick 1
Resumo:

Resumo
A atual pandemia de síndrome respiratória aguda grave coronavírus 2 (SARS-CoV-2) resultou no rápido aumento do número de pacientes graves com pneumonia pela doença do coronavírus 2019 (COVID-19) que se apresentam ao serviço de emergência (SE) e precisam ser internados em unidades de terapia intensiva (UTIs) em todo o país. Embora tenham sido feitas adaptações nos contingentes de pessoal de terapia intensiva, na disponibilidade de leitos e na provisão de insumos, muitas UTIs ficaram superlotadas, levando à internação de pacientes críticos com COVID-19 e outras doenças no SE. Para enfrentar este cenário na primavera de 2020 em nosso hospital terciário urbano da rede pública, elaboramos e implementamos um serviço temporário de atenção combinada a pacientes em serviços de emergência e unidades de terapia intensiva (SE-UTI). Médicos emergencistas com treinamento em terapia intensiva vieram ao hospital durante a noite e nos fins de semana para atender pacientes críticos internados por períodos prolongados em nosso SE. Neste artigo, descrevemos a criação e a execução do serviço de SE-UTI e as características e gestão dos pacientes que receberam atenção neste modelo.
 

Resumo Original:

Abstract
The ongoing pandemic of severe acute respiratory syndrome coronavirus 2 (SARS-CoV-2) has resulted in rapid surges of critically ill patients infected with coronavirus disease 2019 (COVID-19) pneumonia presenting to the emergency department (ED) and requiring ICU admission nationwide. Despite adaptations in critical care personnel staffing, bed availability and supply provision, many inpatient ICUs have become acutely crowded, leading to boarding of critically ill patients with COVID-19 and other diseases in the ED. To address this scenario at our urban, safety net, tertiary care institution in the spring of 2020, we designed and implemented a temporary "emergency department-intensive care unit" (ED-ICU) patient care service. Critical care-trained emergency physicians took call and came into the hospital overnight/on weekends to provide bedside treatment to admitted ICU patients boarding for prolonged periods in our ED. In this manuscript, we describe the creation and execution of the ED-ICU service and the characteristics and management of the patients who received care under this model.

Fonte:
J Am Coll Emerg Physicians Open ; 1(6): 1255-1260; 2021. DOI: 10.1002/emp2.12323.