Avaliação da relevância e da implementação do cuidado centrado no paciente a partir da perspectiva dos pacientes na Alemanha: resultados de um estudo Delphi

Zeh, S. ; Christalle, E. ; Hahlweg, P. ; Härter, M. ; Scholl, I.
Título original:
Assessing the relevance and implementation of patient-centredness from the patients' perspective in Germany: Results of a Delphi study
Resumo:

O cuidado centrado no paciente (CCP) tem ganhado cada vez mais atenção na pesquisa sobre os serviços de saúde, bem como na política, tendo sido feitos muitos estudos sobre a sua conceptualização. No entanto, o trabalho conceitual negligenciou a perspectiva dos pacientes. Por isso, ainda não está claro quais dimensões do CCP são as mais importantes para os pacientes. Este estudo visa avaliar a relevância e o atual grau de implementação do CCP da perspectiva de pacientes com doenças crônicas na Alemanha. Métodos: Realizamos um estudo Delphi. Os pacientes foram recrutados em toda a Alemanha usando estratégias voltadas à comunidade (por exemplo, através de jornais e grupos de apoio). Na fase 1, os pacientes classificaram a relevância e a implementação de 15 dimensões do CCP, de forma anônima. Na fase 2, os pacientes receberam os resultados da fase 1, sendo pedido que reavaliassem os seus próprios resultados. Os participantes tinham que ter pelo menos uma das seguintes doenças crônicas: câncer, doença cardiovascular, distúrbio mental ou distúrbio musculoesquelético. Além disso, os pacientes tinham que ter pelo menos 18 anos de idade e tiveram que dar o seu consentimento informado antes da participação. Resultados: Ao todo, 226 pacientes participaram da primeira fase, e 214 pacientes da segunda. Em ambas as fases, todas as 15 dimensões foram classificadas como altamente relevantes, mas ainda não foram implementadas de forma satisfatória. As dimensões mais relevantes foram a “segurança do paciente”, o “acesso ao cuidado” e a “informação do paciente”. Devido à pequena dimensão das subamostras entre os grupos de doenças crônicas, não foi possível computar as diferenças. Não houve grandes diferenças para os outros subgrupos (tais como doença única vs. multimorbidade). Conclusão: Este é um dos primeiros estudos a avaliar o CCP da perspectiva dos pacientes na Alemanha. Demonstramos que os pacientes consideram todas as dimensões do CCP como relevantes, mas ainda não foram bem implementadas. Os nossos resultados podem ser usados para promover a prestação de um cuidado de saúde centrado no paciente e para desenvolver indicadores sobre as experiências com o cuidado do ponto de vista dos pacientes, a fim de avaliar o CCP no sistema de saúde da Alemanha.

Resumo Original:

Patient-centredness (PC) has particularly grown in relevance in health services research as well as in politics and there has been much research on its conceptualisation. However, conceptual work neglected the patients' perspective. Thus, it remains unclear which dimensions of PC matter most to patients. This study aims to assess relevance and current degree of implementation of PC from the perspective of chronically ill patients in Germany. Methods We conducted a Delphi study. Patients were recruited throughout Germany using community-based strategies (eg, newspapers and support groups). In round 1, patients rated relevance and implementation of 15 dimensions of PC anonymously. In round 2, patients received results of round 1 and were asked to re-rate their own results. Participants had to have at least one of the following chronic diseases: cancer, cardiovascular disease, mental disorder or musculoskeletal disorder. Furthermore, patients had to be at least 18 years old and had to give informed consent prior to participation. Results 226 patients participated in round 1, and 214 patients in round 2. In both rounds, all 15 dimensions were rated highly relevant, but currently insufficiently implemented. Most relevant dimensions included a € patient safety', a € access to care' and a € patient information'. Due to small sizes of subsamples between chronic disease groups, differences could not be computed. For the other subgroups (eg, single disease vs multi-morbidity), there were no major differences. Conclusion This is one of the first studies assessing PC from patients' perspective in Germany. We showed that patients consider every dimension of PC relevant, but currently not well implemented. Our results can be used to foster PC healthcare delivery and to develop patient-reported experience measures to assess PC of healthcare in Germany. © © Author(s) (or their employer(s)) 2019. Re-use permitted under CC BY-NC. No commercial re-use. See rights and permissions. 
 

Fonte:
; 12(9): 031741; 2019. DOI: 10.1136/bmjopen-2019-031741.