Campanha Sobrevivendo à Sepse: diretrizes para o manejo de pacientes adultos gravemente enfermos com doença por Coronavírus 2019 (COVID-19)

Título original: 
Surviving Sepsis Campaign: Guidelines on the Management of Critically Ill Adults with Coronavirus Disease 2019 (COVID-19).
Autor pessoal: 
Alhazzani W. et al. ;
Idioma do conteúdo: 
Diretriz: 
Estrangeira
Resumo: 

Contexto: O novo vírus da síndrome respiratória aguda grave 2 (SARS-CoV-2) é a causa de uma doença em rápida propagação, a doença do Coronavírus 2019 (COVID-19), que afeta milhares de pessoas em todo o mundo. São necessárias orientações urgentes para os profissionais clínicos que cuidam dos pacientes em estado mais grave. Métodos: Formamos um painel com 36 especialistas de 12 países. Todos os membros do painel preencheram o formulário de divulgação de conflitos de interesses da Organização Mundial da Saúde. O painel propôs 53 questões relevantes para o manejo da COVID-19 em unidades de terapia intensiva (UTI). Fizemos pesquisas na literatura em busca de evidências diretas e indiretas sobre o manejo da COVID-19 em pacientes críticos em UTI. Identificamos revisões sistemáticas relevantes e recentes sobre a maioria das questões relacionadas com o tratamento de suporte. Avaliamos a certeza das evidências utilizando a classificação GRADE (Grading of Recommendations, Assessment, Development and Evaluation) e então geramos recomendações baseadas no equilíbrio entre benefícios e danos, implicações em termos de custos e recursos, equidade e viabilidade. As recomendações podem ser fortes ou fracas, ou assumem a forma de recomendações de melhores práticas. Resultados: O painel da Campanha Sobrevivendo à Sepse para a COVID-19 emitiu 54 declarações, das quais quatro são declarações de melhores práticas, nove são recomendações fortes e 35 são recomendações fracas. Para seis questões, não foi feita nenhuma recomendação. Os tópicos foram: 1) controle de infecções, 2) diagnóstico laboratorial e amostras, 3) suporte hemodinâmico, 4) suporte ventilatório e 5) terapia para a COVID-19. Conclusão: O painel da Campanha Sobrevivendo à Sepse para a COVID-19 emitiu diversas recomendações para apoiar os profissionais da saúde que cuidam de pacientes críticos com COVID-19 em UTI. Quando disponíveis, apresentaremos novas evidências em versões futuras destas diretrizes. (Crit Care Med 2020; XXX:00–00)
 

Resumo original: 

Background: The novel severe acute respiratory syndrome coronavirus 2 (SARS-CoV-2) is the cause of a rapidly spreading illness, Coronavirus Disease 2019 (COVID-19), affecting thousands of people around the world. Urgent guidance for clinicians caring for the sickest of these patients is needed. Methods: We formed a panel of 36 experts from 12 countries. All panel members completed the World Health Organization conflict of interest disclosure form. The panel proposed 53 questions that are relevant to the management of COVID-19 in the ICU. We searched the literature for direct and indirect evidence on the management of COVID-19 in critically ill patients in the ICU. We identified relevant and recent systematic reviews on most questions relating to supportive care. We assessed the certainty in the evidence using the Grading of Recommendations, Assessment, Development and Evaluation (GRADE) approach, then generated recommendations based on the balance between benefit and harm, resource and cost implications, equity, and feasibility. Recommendations were either strong or weak, or in the form of best practice recommendations. Results: The Surviving Sepsis Campaign COVID-19 panel issued 54 statements, of which four are best practice statements, nine are strong recommendations, and 35 are weak recommendations. No recommendation was provided for six questions. The topics were: 1) infection control, 2) laboratory diagnosis and specimens, 3) hemodynamic support, 4) ventilatory support, and 5) COVID-19 therapy. Conclusion: The Surviving Sepsis Campaign COVID-19 panel issued several recommendations to help support healthcare workers caring for critically ill ICU patients with COVID-19. When available, we will provide new evidence in further releases of these guidelines. (Crit Care Med 2020; XXX:00–00)

Chamada: 

Autores abordam recomendações para o manejo da COVID-19 em Unidades de Terapia Intensiva.

Data de publicação: 
2020
Portal: 
Segurança do paciente
Páginas: