Uso de reuniões rápidas de segurança do paciente como uma ferramenta para a alta confiabilidade

BRASS, S. D. ; OLNEY, G. ; GLIMP, R. ; LEMAIRE, A. ; KINGSTON, M.
Título original:
Using the Patient Safety Huddle as a Tool for High Reliability
Resumo:

O hospital Providence Little Company of Mary Medical Center, um hospital comunitário de San Pedro, na Califórnia, desenvolveu um modelo de reunião rápida de segurança do paciente após consultar os principais grupos de interesse. O objetivo era tornar-se uma organização de alta confiabilidade através da melhor comunicação entre diferentes departamentos, a solução de problemas operacionais, o foco em indicadores de segurança e a qualidade e a notificação de eventos incomuns. As reuniões rápidas de segurança do paciente contaram com a participação dos administradores do hospital nas fases de desenvolvimento e implementação e procuraram respeitar o tempo de trabalho dos funcionários, garantir a responsabilização e empoderar os profissionais da linha de frente do cuidado para que pudessem prever os problemas de segurança e enfrentá-los. Este artigo apresenta o modelo atual da agenda de reuniões rápidas de segurança do paciente e as ferramentas de documentação usadas para abordar os problemas de segurança.

Resumo Original:

A Patient Safety Huddle was developed at a community hospital (Providence Little Company of Mary Medical Center, San Pedro, California) through consultation with key stakeholders. The goal was to become a high reliability organization by improving communication across different departments, troubleshooting operational problems, focusing on safety and quality metrics, and reporting unusual occurrences. The Patient Safety Huddle involved executives in development and implementation, respect for employee time, ensuring accountability, and empowering frontline staff to foresee and deal with safety issues. The current template of the Patient Safety Huddle agenda and the Documentation Tools used to address patient safety issues are provided.

Fonte:
Jt Comm J Qual Saf ; 44(4): 219-226; 2018. DOI: 10.1016/j.jcjq.2017.10.004.