Tutoria para médicos recém-contratados: uma estratégia para melhorar a segurança do paciente?

HARRISON, R.
Título original:
Mentorship for newly appointed physicians: a strategy for enhancing patient safety?
Resumo:

Objetivo: A tutoria é uma inovação cada vez mais popular no mundo dos negócios e da indústria e tem sido aplicada em contextos de saúde. Este artigo examina o conceito de tutoria para médicos recém-contratados que estejam exercendo seu primeiro cargo de chefia — em particular, a utilização da tutoria para melhorar a segurança do paciente.

Métodos: Entrevistas semiestruturadas presenciais e telefônicas com Diretores Médicos (n=5), Vice-Diretores Médicos (n=4) e Diretores Clínicos (n=6) de 9 Trusts de cuidado agudo do NHS na região de Yorkshire and Humber, no norte da Inglaterra. Foi realizada uma análise temática direcionada.

Resultados: A tutoria para médicos recém-contratados esteve associada a diversos resultados benéficos, como um maior apoio pessoal e profissional, um maior comprometimento organizacional e um melhor bem-estar geral. Julgamos que o ato de oferecer apoio aos médicos em cargos de chefia através da tutoria ajudou a melhorar a segurança do cuidado de saúde. A tutoria pode evitar ou reduzir a ocorrência de falhas ativas, ser utilizada para identificar ameaças num ambiente de trabalho local e, a longo prazo, ajudar a lidar com ameaças latentes à segurança do paciente numa organização por promover uma cultura de segurança mais saudável.

Conclusões: Oferecer tutoria a médicos recém-nomeados a seu primeiro cargo de chefia pode servir como uma estratégia útil para o desenvolvimento de suas habilidades clínicas, profissionais e pessoais nesse período de transição, o que também pode melhorar a segurança do cuidado de saúde.

Resumo Original:
Objective: Mentorship is an increasingly popular innovation from business and industry that is being applied in health-care contexts. This paper explores the concept of mentorship for newly appointed physicians in their first substantive senior post, and specifically its utilization to enhance patient safety.
 
Methods: Semi-structured face to face and telephone interviews with Medical Directors (n = 5), Deputy Medical Directors (n = 4), and Clinical Directors (n = 6) from 9 acute NHS Trusts in the Yorkshire and Humber region in the north of England. A focused thematic analysis was used.
 
Results: A number of beneficial outcomes were associated with mentorship for newly appointed physicians including greater personal and professional support, organizational commitment, and general well-being. Providing newly appointed senior physicians with support through mentorship was considered to enhance the safety of patient care. Mentorship may prevent or reduce active failures, be used to identify threats in the local working environment, and in the longer term, address latent threats to safety within the organization by encouraging a healthier safety culture.
 
Conclusions: Offering mentorship to all newly appointed physicians in their first substantive post in health care may be a useful strategy to support the development of their clinical, professional, and personal skills in this transitional period that may also enhance the safety of patient care.
Fonte:
J Patient Saf ; 10(3): 159-167; 2014. DOI: 10.1097/PTS.0b013e31829e4b7e.
Nota Geral:

Copyright da imagem: 2014 Health Catalyst