Segurança do paciente em ambientes hospitalares de saúde mental: uma revisão sistemática

Thibaut B ; Dewa LH ; Ramtale SC ; D'Lima D ; Adam S ; Ashrafian H ; Darzi A
Título original:
Patient safety in inpatient mental health settings: a systematic review
Resumo:

OBJETIVOS: Os pacientes em ambientes hospitalares de saúde mental enfrentam riscos semelhantes (tais como os erros de medicação) aos de outras áreas do cuidado de saúde. Além disso, alguns comportamentos inseguros associados a problemas graves de saúde mental (por exemplo, a automutilação) e as medidas tomadas para abordá-los (como a contenção) podem resultar em riscos adicionais para a segurança do paciente. O objetivo desta revisão foi identificar e sintetizar a literatura sobre a segurança do paciente em ambientes hospitalares de saúde mental, usando uma metodologia sistemática e robusta. DESENHO: Revisão sistemática e metassíntese. Fizemos pesquisas sistemáticas nas bases de dados Embase, Cumulative Index to Nursing and Allied Health Literature, Health Management Information Consortium, MEDLINE, PsycINFO e Web of Science de 1999 a 2019. Os termos de pesquisa foram “mental health”, “patient safety”, “inpatient setting” e “research”. A qualidade dos estudos foi avaliada utilizando a lista de verificação de Hawker. Extraímos os dados e os agrupamos com base no foco e no resultado de cada estudo. Sempre que possível, fizemos uma metanálise dos incidentes de segurança utilizando um modelo de efeitos aleatórios. RESULTADOS: Dos 57.637 títulos e resumos de artigos, 364 cumpriram os critérios de inclusão. As publicações incluídas vieram de 31 países e incluíram dados de mais de 150 mil participantes. A qualidade dos estudos variou, e a heterogeneidade estatística foi alta. Identificamos dez categorias de pesquisa: violência interpessoal, intervenções coercitivas, cultura de segurança, danos autoprovocados, segurança do ambiente físico, segurança da medicação, saída não autorizada do hospital, tomada de decisões clínicas, quedas e prevenção e controle de infecções. CONCLUSÕES: A segurança do paciente em ambientes hospitalares de saúde mental é pouco investigada em comparação com outros ambientes de internação hospitalar. Os resultados demonstram que os ambientes hospitalares de saúde mental apresentam desafios particulares para a segurança do paciente que requerem investimento em pesquisa, desenvolvimento de políticas e aplicação na prática clínica. 

Resumo Original:


OBJECTIVES: Patients in inpatient mental health settings face similar risks (eg, medication errors) to those in other areas of healthcare. In addition, some unsafe behaviours associated with serious mental health problems (eg, self-harm), and the measures taken to address these (eg, restraint), may result in further risks to patient safety. The objective of this review is to identify and synthesise the literature on patient safety within inpatient mental health settings using robust systematic methodology. DESIGN: Systematic review and meta-synthesis. Embase, Cumulative Index to Nursing and Allied Health Literature, Health Management Information Consortium, MEDLINE, PsycINFO and Web of Science were systematically searched from 1999 to 2019. Search terms were related to 'mental health', 'patient safety', 'inpatient setting' and 'research'. Study quality was assessed using the Hawker checklist. Data were extracted and grouped based on study focus and outcome. Safety incidents were meta-analysed where possible using a random-effects model. RESULTS: Of the 57 637 article titles and abstracts, 364 met inclusion criteria. Included publications came from 31 countries and included data from over 150 000 participants. Study quality varied and statistical heterogeneity was high. Ten research categories were identified: interpersonal violence, coercive interventions, safety culture, harm to self, safety of the physical environment, medication safety, unauthorised leave, clinical decision making, falls and infection prevention and control. CONCLUSIONS: Patient safety in inpatient mental health settings is under-researched in comparison to other non-mental health inpatient settings. Findings demonstrate that inpatient mental health settings pose unique challenges for patient safety, which require investment in research, policy development, and translation into clinical practice. 
 

Fonte:
; 12(9): 030230; 2019. DOI: 10.1136/bmjopen-2019-030230..