Satisfação dos pacientes, adesão ao tratamento e confiança com o planejamento da alta hospitalar no serviço de emergência

LeahannaStevens ; MargaretFry ; MichaelBrowne ; ArthitBarnes
Título original:
Fast track patients' satisfaction, compliance and confidence with emergency department discharge planning
Resumo:

CONTEXTO: Em toda a Austrália, mais de um milhão de pacientes recebem alta do serviço de emergência. O planejamento da alta hospitalar envolve a comunicação de informações de saúde para otimizar a segurança do paciente, o autocuidado e a adesão ao tratamento em curso. Sabe-se pouco sobre a adequação do planejamento da alta hospitalar; por isso, o objetivo deste estudo foi explorar as experiências, a confiança, a satisfação e as percepções dos pacientes que haviam tido alta hospitalar do serviço de emergência há pouco tempo. MÉTODOS: Realizamos um estudo descritivo exploratório em um hospital distrital da Tasmânia. A coleta de dados envolveu entrevistas telefônicas com pacientes e uma auditoria retrospectiva de prontuários médicos. RESULTADOS: O estudo utilizou uma amostra de conveniência de 100 pacientes. A maior parte dos pacientes compreendeu o seu tratamento (93%), mostrou-se confiante para receber alta (88%) e satisfeita (90%) com o cuidado de emergência. A maioria dos pacientes entendeu o diagnóstico de alta (86%) e recebeu informações verbais durante a alta (84%). As instruções de encaminhamento após a alta foram seguidas por 60% dos pacientes, e 26% se apresentaram novamente ao serviço de emergência. CONCLUSÕES: O estudo destacou que a maioria dos pacientes ficou satisfeita com o cuidado, aderiu às instruções de saúde após a alta e sentiu-se confiante para receber alta. No entanto, uma parte dos pacientes não conseguiu aderir às instruções de acompanhamento após a alta e voltou ao serviço de emergência.
Australas Emerg Care.

Resumo Original:

BACKGROUND: Across Australia over one million patients are discharged from the emergency department. Discharge planning involves the communication of healthcare information to optimise patient safety, self-management and compliance with ongoing treatment. Little is known about the adequacy of discharge planning, therefore, the aim of this study was to explore the experience, confidence, satisfaction and perceptions of patients recently discharged from ED.. METHODS: The descriptive exploratory study was conducted in one district Tasmanian hospital. Data collection involved patient telephone interviews and a retrospective medical record audit. RESULTS: A convenience sample of 100 patients was used for the study. Overall, the majority (93%) of patients understood their treatment, were confident to be discharged home (88%), and satisfied (90%) with emergency care. The majority of patients' understood their discharge diagnosis (86%) and were provided with verbal (84%) discharge information. Discharge referral instructions were followed up by 60% of patients with 26% of patients re-presenting to emergency. CONCLUSIONS: The study highlighted that the majority of patients were satisfied with care, complied with discharge healthcare information and confident to be discharged. However, a number of patients failed to adhere to discharge follow up advice and re-presented to the emergency.
Australas Emerg Care.

Fonte:
; 22(2): 2019. DOI: doi.org/10.1016/j.auec.2019.01.004.