Rumo à taxa zero de infecções relacionadas à assistência à saúde: não existe uma única solução...

LISBOA, T. ; RELLO, J.
Título original:
Towards zero rate in healthcare-associated infections: one size shall not fit all...
Resumo:

Os pacientes em UTIs são alvo de estratégias de melhoria da qualidade do cuidado e da segurança do paciente. Os pacientes criticamente doentes apresentam um alto risco de complicações devido à natureza complexa e invasiva da terapia intensiva. Vários relatos na literatura descrevem iniciativas destinadas a chegar a uma taxa zero de infecções relacionadas à assistência à saúde. Discutimos aqui os resultados de um estudo que avaliou uma abordagem sistemática em equipe baseada em intervenções muito agressivas, relacionadas ao pacote de cuidados para infecções de corrente sanguínea associadas a cateteres centrais [Central Line-Associated Blood Stream Infection Bundle] do Institute for Healthcare Improvement, que teve êxito na redução das taxas de infecção. Além disso, discutimos por que algumas infecções relacionadas à assistência à saúde não são inteiramente evitáveis e as diferentes razões para isso. A identificação dessas razões seria fundamental para as iniciativas de melhoria de qualidade e de promoção da segurança entre pacientes criticamente doentes.

Resumo Original:

ICU patients are identified as targets for quality of care and patient safety improvement strategies. Critically ill patients are at high risk for complications due to the complex and invasive nature of critical care. Several reports in the literature describe initiatives aiming to zero the healthcare-associated infection rate. We discuss the results of a study assessing a systematic team approach with very aggressive interventions surrounding the Institute for Healthcare Improvement Central Line-associated Blood Stream Infection bundle, which obtained a successful reduction of the rates. In addition, we discuss why some healthcare-associated infections are not fully preventable and the different reasons for this, the identification of which would be a cornerstone of quality improvement and safety promotion initiatives in critically ill patients.

Fonte:
Crit Care ; 17(3): 139; 2013. DOI: 10.1186/cc12590.
DECS:
Assistência à Saúde/classificação, Melhoria de Qualidade/análise, Promoção em Saúde, Infecções Relacionadas a Cateter/classificação