Qual é o nível de qualidade e segurança oferecido a pacientes internados em enfermarias clinicamente inadequadas? Uma revisão sistemática

La Regina M ; Guarneri F ; Romano E ; Orlandini F ; Nardi R ; Mazzone A ; Fontanella A
Título original:
What Quality and Safety of Care for Patients Admitted to Clinically Inappropriate Wards: a Systematic Review
Resumo:

CONTEXTO: Em países que contam com um sistema público de saúde, reduções no número de leitos hospitalares e o aumento da fragilidade social e médica têm levado ao fenômeno dos outliers — pacientes (geralmente clínicos) que, devido à indisponibilidade de leitos nas enfermarias que seriam as mais apropriadas, são internados onde quer que haja leitos disponíveis. Este trabalho visa fazer uma revisão sistemática da literatura sobre a qualidade e a segurança do cuidado oferecido a pacientes internados em enfermarias clinicamente inadequadas. MÉTODOS: Realizamos uma revisão sistemática de estudos que investigassem os outliers, publicados em periódicos submetidos à revisão por pares, sem restrições temporais. A pesquisa e a triagem foram realizadas por dois pesquisadores independentes (MLR e ER). Foram considerados potencialmente elegíveis para a revisão sistemática os estudos que visassem avaliar a qualidade e/ou a segurança do cuidado prestado a pacientes internados em unidades clinicamente inadequadas. A pesquisa foi complementada por uma busca manual nas referências dos estudos incluídos. Dada a heterogeneidade dos estudos, os resultados foram analisados de forma temática. Utilizamos as diretrizes PRISMA para descrever os resultados. RESULTADOS: Reunimos 17 artigos elegíveis, agrupando-os em seis categorias temáticas. Apesar de suas limitações metodológicas, os estudos incluídos mostraram tendências crescentes de mortalidade e de reinternações entre os outliers. As declarações dos profissionais e a análise de risco mostram que a qualidade do cuidado e a segurança do paciente ficam comprometidas nestes pacientes. As soluções descritas muitas vezes são multifacetadas, enfatizando a alta hospitalar precoce, mas não foram investigadas em grupos controle. CONCLUSÕES: A literatura publicada não permite chegar a conclusões definitivas sobre a qualidade e a segurança do cuidado prestado a pacientes internados em enfermarias clinicamente inadequadas. Este fenômeno, que é frequentemente negligenciado e subvalorizado, pode representar uma grave ameaça à qualidade e à segurança; por isso, são urgentemente necessários estudos prospectivos bem desenhados e financiados. © 2019, Society of General Internal Medicine.
 

Resumo Original:

Background: In countries with public health system, hospital bed reductions and increasing social and medical frailty have led to the phenomenon of “outliers” or “outlying hospital in-patients.” They are often medical patients who, because of unavailability of beds in their clinically appropriate ward, are admitted wherever unoccupied beds are. The present work is aimed to systematically review literature about quality and safety of care for patients admitted to clinically inappropriate wards. Methods: We performed a systematic review of studies investigating outliers, published in peer-reviewed journals with no time restrictions. Search and screening were conducted by two independent researchers (MLR and ER). Studies were considered potentially eligible for this systematic review if aimed to assess the quality and/or the safety of care for patients admitted to clinically inappropriate units. Our search was supplemented by a hand search of references of included studies. Given the heterogeneity of studies, results were analyzed thematically. We used PRISMA guidelines to report our findings. Results: We collected 17 eligible papers and grouped them into six thematic categories. Despite their methodological limits, the included studies show increased trends in mortality and readmissions among outliers. Quality of care and patient safety are compromised as patients and health professionals declare and risk analysis displays. Reported solutions are often multicomponent, stress early discharge but have not been investigated in the control group. Conclusions: Published literature cannot definitely conclude on the quality and safety of care for patients admitted to clinically inappropriate wards. As they may represent a serious threat for quality and safety, and moreover often neglected and under valued, well-designed and powered prospective studies are urgently needed. © 2019, Society of General Internal Medicine.
 

Fonte:
; 22: 2019. DOI: 10.1007/s11606-019-05008-4.