Perfil de medicamentos envolvidos com erros de administração: conhecer para prevenir

REIS, A. M. M. ; MARQUES, T. C. ; OPITZ, S. P. ; SILVA, A. E. B. C. ; GIMENES, F. R. E. ; TEIXEIRA, T. C. A. ; LIMA, R. E. F.
Título original:
Errors in medicine administration – profile of medicines: knowing and preventing
Resumo:

Objetivos: Descrever as características farmacológicas dos medicamentos envolvidos em erros de administração e determinar a frequência desses erros com medicamentos potencialmente perigosos e de baixo índice terapêutico em unidades de clínica médica de cinco hospitais de ensino brasileiros.

Métodos: Estudo multicêntrico, descritivo/exploratório utilizando a técnica de observação não participante durante a administração de 4958 doses de medicamentos e a classificação anatômica terapêutica química (ATC).

Resultados: Dentre esse total, foram identificados 1500 erros de administração de medicamentos (30,3%). A administração dos fármacos dos grupos ATC - sistema cardiovascular, sistema nervoso, trato alimentar e metabolismo e antinfecciosos de uso sistêmico apresentou maior frequência de erros. Em 13,0% dos erros estavam envolvidos medicamentos potencialmente perigosos e em 12,2% medicamentos de baixo índice terapêutico.

Conclusão: O conhecimento do perfil farmacológico pode ser uma importante estratégia a ser utilizada na prevenção de erros de medicação em instituições de saúde.

Resumo Original:

Objectives: To describe the pharmacological characteristics of medicines involved in administration errors and determine the frequency of errors with potentially dangerous medicines and low therapeutic index, in clinical units of five teaching hospitals, in Brazil.

Methods: Multicentric study, descriptive and exploratory, using the non-participant observation technique (during the administration of 4958 doses of medicines) and the anatomical therapeutic chemical classification (ATC). Results: Of that total, 1500 administration errors were identified (30.3%). The administration of pharmacological groups - ATC (cardiovascular system, nervous system, alimentary tract and metabolism system and anti-infectives for systemic use) showed a higher frequency of errors. In 13.0% of errors were involved potentially dangerous medicines and in 12.2% medicines with low therapeutic index. Conclusion: The knowledge of the pharmacological profile could be an important strategy to be used in the prevention medication errors in health institutions.

Fonte:
Acta Paul Enferm ; 23(2): 181-186; 2010.
DECS:
sistemas de medicação no hospital, erros de medicação, farmacologia, prevenção e controle