A participação de pacientes na segurança ainda é deficiente: as perspectivas de especialistas em segurança do paciente

SAHLSTROM, M. ; PARTANEN, P. ; RATHERT, C. ; TURUNEN, H.
Título original:
Patient participation in patient safety still missing: Patient safety experts' views
Resumo:

O objetivo deste estudo foi examinar as perspectivas de especialistas em segurança do paciente sobre a participação dos pacientes na promoção da segurança. Os dados foram coletados entre setembro e dezembro de 2014 através de um questionário semiestruturado eletrônico e entrevistas com especialistas em segurança do paciente finlandeses (n=21), que foram avaliados por meio da análise de conteúdo indutiva. Os especialistas consideraram que os pacientes têm um papel crucial na promoção da segurança. De modo geral, eles consideraram o nível de segurança do paciente em suas organizações como "aceitável", mas afirmaram que a participação dos pacientes em sua própria segurança é variável e nem sempre cumpre as normas nacionais. A gestão de incidentes de segurança do paciente variou entre as organizações. Os especialistas também sugeriram que o treinamento em segurança do paciente deve ser aumentado tanto nos programas educativos básicos como nos de educação continuada para profissionais de saúde. A participação de pacientes na segurança ainda é deficiente na prática clínica e são necessárias ações sistemáticas para criar uma cultura de segurança na qual os pacientes sejam vistos como parceiros iguais na promoção de um cuidado seguro e de alta qualidade.

Resumo Original:

The aim of this study was to elicit patient safety experts' views of patient participation in promoting patient safety. Data were collected between September and December in 2014 via an electronic semi-structured questionnaire and interviews with Finnish patient safety experts (n = 21), then analysed using inductive content analysis. Patient safety experts regarded patients as having a crucial role in promoting patient safety. They generally deemed the level of patient safety as 'acceptable' in their organizations, but reported that patient participation in their own safety varied, and did not always meet national standards. Management of patient safety incidents differed between organizations. Experts also suggested that patient safety training should be increased in both basic and continuing education programmes for healthcare professionals. Patient participation in patient safety is still lacking in clinical practice and systematic actions are needed to create a safety culture in which patients are seen as equal partners in the promotion of high-quality and safe care.

Keywords: nursing; patient participation; patient safety; qualitative research; risk management

Fonte:
Int J Nurs Pract. ; 2016. DOI: 10.1111/ijn.12476.
Nota Geral:

Online First