O próximo nível de responsabilização dos conselhos de administração na qualidade do cuidado de saúde

PRONOVOST, P. J. ; DEMSKI, R. ; ARMSTRONG, C. M. ; PETERSON, R. R. ; ROTHMAN, P. B.
Título original:
Next level of board accountability in health care quality
Resumo:

Objetivo: O objetivo deste artigo é apresentar seis princípios que os líderes do sistema de saúde podem aplicar para estabelecer um sistema de governança e gestão para a qualidade do cuidado e a segurança do paciente.

Desenho/metodologia/abordagem: Os líderes de um grande sistema de saúde acadêmico estabeleceram um objetivo de alta confiabilidade e formaram um conselho de administração da qualidade em 2011 para supervisionar a qualidade e a segurança do paciente em todos os lugares onde o cuidado fosse prestado. O conselho foi formado por líderes do sistema de saúde e de cada entidade, incluindo hospitais, empresas de atenção domiciliar e serviços ambulatoriais. O comitê trabalha com a gestão de cada entidade para estabelecer e atingir metas de qualidade. Através deste trabalho, surgiram seis princípios para lidar com as estruturas e com os processos de gestão.

Resultados: Os princípios são: garantir a supervisão da qualidade em todos os lugares do sistema de saúde onde o cuidado é prestado; criar uma estrutura para organizar e notificar o trabalho realizado; identificar áreas do cuidado onde a qualidade é ambígua ou subdesenvolvida (ilhas de qualidade) e trabalhar para garantir a notificação e responsabilização com medidas de qualidade; criar uma declaração de qualidade consolidada semelhante à de um relatório financeiro; garantir a integridade dos dados utilizados para medir e notificar o desempenho de qualidade e segurança; e divulgar de forma transparente o desempenho e criar um modelo de responsabilização explícito.

Originalidade/valor: Este é um sistema de governança e gestão das funções de qualidade e segurança, semelhante a um sistema financeiro, que inclui a documentação e a notificação da qualidade, o monitoramento da integridade dos dados e a responsabilização pelo desempenho desde o conselho de administração até a beira do leito. Até onde sabemos, esta é a primeira descrição deste tipo de abordagem sistemática por parte de um conselho de administração para supervisionar a qualidade do cuidado.

Resumo Original:

Purpose: The purpose of this paper is to offer six principles that health system leaders can apply to establish a governance and management system for the quality of care and patient safety.

Design/methodology/approach: Leaders of a large academic health system set a goal of high reliability and formed a quality board committee in 2011 to oversee quality and patient safety everywhere care was delivered. Leaders of the health system and every entity, including inpatient hospitals, home care companies, and ambulatory services staff the committee. The committee works with the management for each entity to set and achieve quality goals. Through this work, the six principles emerged to address management structures and processes.

Findings: The principles are: ensure there is oversight for quality everywhere care is delivered under the health system; create a framework to organize and report the work; identify care areas where quality is ambiguous or underdeveloped (i.e. islands of quality) and work to ensure there is reporting and accountability for quality measures; create a consolidated quality statement similar to a financial statement; ensure the integrity of the data used to measure and report quality and safety performance; and transparently report performance and create an explicit accountability model.

Originality/value: This governance and management system for quality and safety functions similar to a finance system, with quality performance documented and reported, data integrity monitored, and accountability for performance from board to bedside. To the authors' knowledge, this is the first description of how a board has taken this type of systematic approach to oversee the quality of care. 

Fonte:
J Health Organ Manag. ; 2018. DOI: 10.1108/JHOM-09-2017-0238.
Nota Geral:

Online First