Metodologia e ferramentas para melhoria da qualidade no cuidado da saúde materna e do recém-nascido

RAVEN, J. ; HOFMAN, J. ; ADEGOKE, A. ; VAN DEN BROEK, N.
Título original:
Methodology and tools for quality improvement in maternal and newborn health care
Resumo:

Objetivo: Obter uma visão geral das abordagens, metodologias e ferramentas usadas na melhoria da qualidade da saúde materna e do recém-nascido em países de baixa renda.

Métodos: Busca eletrônica no MEDLINE e em bancos de dados organizacionais sobre literatura descrevendo abordagens, metodologias e ferramentas usadas para melhorar a qualidade do cuidado da saúde materna e do recém-nascido em países de baixa renda. Os artigos e relatos relevantes foram revistos e sumarizados.

Resultados: Desenvolver uma cultura da qualidade é um requisito importante para o sucesso da   melhoria da qualidade. As metodologias para melhorar a qualidade incluem o desenvolvimento de padrões e diretrizes e a realização de auditorias de mortalidade, de incidentes que não atingiram os pacientes e de outras baseadas em critérios. Foram identificadas ferramentas para coleta de dados e para descrição de processos e foram fornecidos exemplos de trabalhos capazes de melhorar a qualidade do cuidado.

Conclusão: A experiência documentada com as abordagens, as metodologias e as ferramentas identificadas indica que nenhuma delas, por si só, basta para alcançar a melhoria desejável na qualidade do cuidado. A escolha das metodologias e das ferramentas depende do sistema de cuidado de saúde e dos recursos disponíveis. Faltam estudos que descrevam o processo de melhoria da qualidade e faz-se necessária pesquisa que revele a efetividade dos métodos e ferramentas identificados.

Resumo Original:

Objective: To gain an overview of approaches, methodologies, and tools used in quality improvement of maternal and newborn health in low-income countries.

Methods: Electronic search of MEDLINE and organizational databases for literature describing approaches, methodologies, and tools used to improve the quality of maternal and newborn health care in low-income countries. Relevant papers and reports were reviewed and summarized.

Results: Developing a culture of quality is an important requisite for successful quality improvement. Methodologies to improve quality include the development of standards and guidelines and the performance of mortality, near-miss, and criterion-based audits. Tools for data collection and process description were identified, and examples of work to improve quality of care are provided.

Conclusion: The documented experience with the identified approaches, methodologies, and tools indicates that none is sufficient by itself to achieve a desirable improvement in quality of care. The choice of methodologies and tools depends on the healthcare system and its available resources. There is a lack of studies that describe the process of quality improvement and a need for research to provide evidence of the effectiveness of the identified methods and tools.

Fonte:
Int J Gynaecol Obstet ; 114(1): 4-9; 2011. DOI: 10.1016/j.ijgo.2011.02.007.
DECS:
serviços de saúde da criança, países em desenvolvimento, bem-estar do lactente, recém-nascido, serviços de saúde materno-infantil, bem-estar materno, garantia da qualidade dos cuidados de saúde