Melhoria de qualidade em grandes organizações de saúde

HOOG, E. ; LYSHOLM, J. ; GARVARE, R. ; WEINEHALL, L, ; NYSTROM, M. E.
Título original:
Quality improvement in large healthcare organizations: Searching for system-wide and coherent monitoring and follow-up strategies
Resumo:

Objetivo: O objetivo deste trabalho é investigar os obstáculos e desafios associados a processos de monitoramento e acompanhamento (M&A) organizacional relacionados à melhoria e ao desenvolvimento de qualidade do cuidado de saúde.

Desenho/metodologia/abordagem: Estudo de caso longitudinal em uma grande organização de saúde durante uma intervenção de melhoria de qualidade implementada no sistema como um todo. Realizamos a análise do conteúdo de entrevistas repetidas com os principais envolvidos e coletamos dados de arquivos ao longo de quatro anos.

Resultados: Os entrevistados descreveram a necessidade de melhores estratégias de M&A e explicaram o que deve ser monitorado e como. Os obstáculos e desafios para o estabelecimento de estratégias de M&A que permitam o desenvolvimento coerente de todo o sistema estiveram concentrados em três áreas: (1) monitoramento, (2) processamento e (3) feedback e comunicação. Também foram identificados desafios globais.

Implicações práticas: Apresentamos um modelo de aspectos importantes dos sistemas de M&A que pode ser usado para a análise e o planejamento e pode contribuir para a idealização compartilhada desses sistemas. É preciso desenvolver abordagens para a análise e o acompanhamento sistemático dos problemas identificados e incorporá-las plenamente aos sistemas de medição das organizações. Um processo sistemático de M&A precisa de competências analíticas orientadas para os processos. Este estudo destaca o potencial do estabelecimento de um cargo organizacional que tenha a capacidade e a atribuição de realizar esse tipo de tarefa.

Originalidade/valor: A maior parte dos sistemas de saúde está sobrecarregada por uma enorme quantidade de registros, prontuários e medições. Uma questão fundamental é saber não só como processar e refinar esses dados para refletir as necessidades e o processo de desenvolvimento do sistema de saúde, mas também como utilizar dados valiosos nos processos de melhoria. Este estudo apresenta os pontos de vista dos principais atores organizacionais sobre fatores importantes a serem considerados na criação de uma estratégia organizacional coerente de M&A.

Resumo Original:

Purpose: The purpose of this paper is to investigate the obstacles and challenges associated with organizational monitoring and follow-up (M & F) processes related to health care quality improvement (QI) and development.

Design/methodology/approach: A longitudinal case study of a large health care organization during a system-wide QI intervention. Content analysis was conducted of repeated interviews with key actors and archival data collected over a period of four years.

Findings: The demand for improved M & F strategies, and what and how to monitor were described by the respondents. Obstacles and challenges for achieving M & F strategies that enables system-wide and coherent development were found in three areas: monitoring, processing, and feedback and communication. Also overarching challenges were found.

Practical implications: A model of important aspects of M & F systems is presented that can be used for analysis and planning and contribute to shared cognition of such systems. Approaches for systematic analysis and follow-up of identified problems have to be developed and fully incorporated in the organization’s measurement systems. A systematic M & F needs analytic and process-oriented competence, and this study highlights the potential in an organizational function with capacity and mandate for such tasks.

Originality/value: Most health care systems are flooded with a vast amount of registers, records, and measurements. A key issue is how such data can be processed and refined to reflect the needs and the development process of the health care system and how rich data can be used for improvement purposes. This study presents key organizational actor’s view on important factors to consider when building a coherent organizational M & F strategy.

Fonte:
J Health Organ Manag. ; 30(1): 133-153; 2016. DOI: 10.1108/JHOM-10-2013-0209.