Incidentes de segurança do paciente relatados por dentistas finlandeses; resultados de um inquérito on-line

HIIVALA, N. ; MUSSALO-RAUHAMAA, H. ; MURTOMAA, H.
Título original:
Patient safety incidents reported by Finnish dentists; results from an internet-based survey
Resumo:

Introdução: Há poucos dados disponíveis sobre a segurança do paciente (SP) em odontologia, pois a maioria dos estudos sobre SP enfoca outras atividades de saúde.

Objetivo: Detectar os tipos e causas de incidentes de SP (ISPs) em odontologia, incluindo eventos adversos (EAs) e near misses (NMs), no cuidado odontológico finlandês.

Materiais e métodos: Ao todo, 1.041 dentistas de serviços privados ou públicos no sul da Finlândia preencheram um questionário estruturado utilizando um sistema on-line (Webropol) em 2010.

Resultados: Quase um terço dos dentistas descreveu algum ISP nos 12 meses anteriores. Dos 872 eventos descritos, 53% foram classificados como EAs, 45% como NMs e 2% permaneceram sem classificação. Quase a metade dos ISPs ocorreu durante algum tipo de tratamento dentário. Um terço dos EAs esteve relacionado a equipamentos, dispositivos e materiais odontológicos. A maior parte dos EAs relatados resultou em pouco ou nenhum dano permanente aos pacientes. No entanto, 13% dos EAs foram considerados graves o suficiente para terem o potencial de causar danos graves, ou, de fato, causaram danos permanentes.

Conclusões: Os ISPs odontológicos relatados na Finlândia são, em muitos aspectos, semelhantes aos de outros países. Considerando-se o total anual de consultas odontológicas na Finlândia, os EAs odontológicos graves parecem ser relativamente raros. Os EAs menos graves e os NMs não são incomuns, especialmente em cirurgia odontológica e no tratamento endodôntico e restaurador. Os resultados deste estudo retrospectivo, no entanto, revelam mais sobre os tipos de incidentes do que sobre a sua verdadeira prevalência, destacando ainda que são necessários mais estudos sobre a SP em odontologia.

Resumo Original:

Background. Few data are available on dental patient safety (PS), as most PS studies have focused on other activities in healthcare. Objective. To detect types and causes of dental PS incidents (PSIs), including adverse events (AEs) and near misses (NMs), in Finnish dental care. Material and methods. Altogether 1041 privately or publicly employed dentists in southern Finland completed a structured questionnaire using an internet-based system (Webropol) in 2010.

Results. Nearly one third of the dentists reported some PSI in the previous 12 months. Of the 872 reported events, 53% were classified as AEs, 45% as NMs and 2% remained unclassified. Nearly half of the PSIs had occurred during some form of dental treatment. One third of the AEs were related to dental equipment, devices and supplies. Most of the reported AEs resulted in little or no permanent harm to patients. However, 13% of AEs were considered as serious enough to potentially cause severe harm or did in fact cause
permanent harm.

Conclusions. Reported dental PSIs in Finland are in many respects similar to those reported in other countries. Compared to all annual dental visits in Finland, severe dental AEs seem to be relatively rare. Less severe AEs and NMs are not uncommon, especially in dental surgery, endodontic and restorative treatment. The results of this retrospective study, however, reveal more about incident types than their true prevalence and that further studies on dental PS are needed.

Fonte:
Acta Odontol Scand ; 71(6): 1370-7; 2013. DOI: 10.3109/00016357.2013.764005.