Implementação de intervenções personalizadas em um programa estadual de redução de infecções da corrente sanguínea associadas a cateteres centrais

Assis DB1 ; Madalosso G2 ; Padoveze MC3 ; Lobo RD4 ; Oliveira MS4 ; Boszczowski Í4 ; Singer JM5
Título original:
Implementation of tailored interventions in a statewide programme to reduce central line-associated bloodstream infections.
Resumo:

CONTEXTO:
Foram feitos poucos estudos que explorassem a implementação de estratégias para reduzir a ocorrência de infecções da corrente sanguínea associadas a cateteres centrais (IPCS) em países de renda baixa ou média.
OBJETIVO:
Implementar intervenções personalizadas para reduzir as taxas de IPCS em unidades de terapia intensiva para adultos.
MÉTODOS:
A estratégia de implementação da Secretaria Estadual de Saúde foi realizada no Estado de São Paulo, Brasil, ao longo de dois ciclos. O ciclo 1 (56 hospitais) foi exploratório, e o ciclo 2 (77 hospitais) foi concebido para confirmar a hipótese gerada pelo primeiro ciclo, com três fases em cada ciclo (pré-intervenção, intervenção, pós-intervenção). Os ciclos incluíram a avaliação dos conhecimentos dos profissionais da saúde, a observação das práticas e a notificação mensal das taxas de IPCS. No ciclo 1, utilizamos um modelo misto log-normal para selecionar variáveis associadas significativamente à redução de IPCS. No ciclo 2 foram avaliadas as taxas de IPCS.
RESULTADOS:
As práticas dos profissionais da saúde melhoraram após a intervenção. No ciclo 1, a redução das taxas de IPCS foi mais pronunciada em hospitais com taxas iniciais de IPCS >7,4 por 1000 cateteres-dias (p<0,001) e naqueles que introduziram o uso de cateteres centrais de inserção periférica (p=0,01). Para os hospitais com altas taxas iniciais de IPCS, a simulação demonstrou que as taxas deveriam diminuir em 36% (IC 95%: 9-63), independentemente do tipo de intervenção. No ciclo 2 houve uma diminuição geral nas taxas de IPCS durante o período de intervenção; mas, enquanto a taxa média caiu ainda mais após a intervenção, as taxas no percentil 90 aumentaram.
CONCLUSÃO:
A estratégia de implementação pode ter tido um efeito sobre as taxas de infecção, independentemente das intervenções específicas; no entanto, a sustentabilidade da redução no período pós-intervenção continua sendo um desafio.
PALAVRAS-CHAVE:
Infecção da corrente sanguínea associada a cateter central; Intervenções; Vigilânci

Resumo Original:

Abstract
BACKGROUND:
There have been few studies exploring implementation strategies to central line-associated bloodstream infections (CLABSIs) in low- or middle-income countries.
AIM:
To implement tailored interventions to reduce CLABSI rates in adult intensive care units.
METHODS:
The implementation strategy of the State Health Department was performed in São Paulo State, Brazil, over two cycles. Cycle 1 (56 hospitals) was exploratory and cycle 2 (77 hospitals) was designed to confirm the hypothesis generated by the first cycle, with three phases each (pre-intervention, intervention, post-intervention). Cycles included: evaluation of healthcare workers' knowledge, observation of practices, and CLABSI rates monthly report. In cycle 1, a log-normal mixed model was used to select variables significantly associated with the reduction of CLABSI. In cycle 2, CLABSI rates were evaluated.
FINDINGS:
Healthcare workers' practices improved after intervention. In cycle 1, reduction of CLABSI rates was more pronounced in hospitals with initial CLABSI rates >7.4 per 1000 catheter-days (P < 0.001) and those that introduced the use of peripherally inserted centralcatheters (P = 0.01). For hospitals with high CLABSI initial rates, simulation demonstrated that the rates were expected to decrease by 36% (95% CI: 9-63), no matter the type of intervention. In cycle 2, there was an overall decrease in CLABSI rates during the intervention period; whereas the mean rate fell further post-intervention, rates at the 90th percentile increased.
CONCLUSION:
The implementation strategy may have had an effect on infection rates independently of the specific interventions implemented; however, the sustainability of reduction in the post-intervention period remains a challenge.
KEYWORDS:
Central line-associated bloodstream infection; Interventions; Surveillance

Fonte:
; 100(3): e163-e16; 2018. DOI: 10.1016/j.jhin.2018.04.020.