Impacto de uma intervenção multimodal nacional para prevenir infecções da corrente sanguínea associadas a cateteres em unidades de terapia intensiva: a experiência espanhola

PALOMAR, M. ; ALVAREZ-LERMA, F. ; RIERA, A. ; DÍAZ, M. T. ; TORRES, F. ; AGRA, Y. ; LARIZGOITIA, I.
Título original:
Impact of a national multimodal intervention to prevent catheter-related bloodstream infection in the ICU: the Spanish experience
Resumo:

Objetivo: A prevenção de infecções da corrente sanguínea associadas a cateteres é um objetivo fundamental para a otimizar a segurança do paciente em unidades de terapia intensiva (UTIs). Fundamentando-se no êxito inicial de uma intervenção abrangente baseada na unidade hospitalar (o projeto Keystone ICU, realizado em Michigan), o projeto Bacteremia Zero procurou avaliar a efetividade da intervenção, depois de adaptada para implementação em grande escala em UTIs espanholas.

Desenho: Estudo de série temporal prospectivo.

Ambiente: Um total de 192 UTIs de toda a Espanha.

Pacientes: Todos os pacientes internados nas UTIs participantes durante o período do estudo (linha de base: de 1 de abril a 30 de junho de 2008; período de intervenção: de 1 de janeiro de 2009 a 30 de junho de 2010).

Intervenção: As características fundamentais do programa foram: envolvimento, educação, execução e avaliação. Os principais componentes da intervenção foram um conjunto de práticas clínicas baseadas em evidências para a inserção e manutenção de cateteres e um programa de segurança baseado na unidade hospitalar (que incluiu o treinamento em segurança do paciente e a identificação e análise de erros por meio de rondas de segurança do paciente), a fim de melhorar a cultura de segurança.

Medidas e resultados principais: O número de infecções da corrente sanguínea associadas a cateteres foi expresso como mediana e amplitude interquartil. A distribuição de Poisson foi usada para calcular as taxas de incidência e as estimativas de risco. As UTIs participantes representaram 68% de todas as UTIs espanholas. A taxa de infecções da corrente sanguínea associadas a cateteres foi reduzida após 16 a 18 meses de participação (mediana, 3,07 vs. 1,12 episódios por 1000 cateteres-dias, p < 0,001). A taxa de incidência ajustada de bacteremia demonstrou uma redução de risco de 50% (IC 95%, 0,39-0,63) ao final do período de acompanhamento em comparação com a linha de base. A redução foi independente do tamanho e do tipo de hospital.

Conclusões: Os resultados do projeto Bacteremia Zero confirmaram que a intervenção reduziu significativamente a taxa de infecções da corrente sanguínea associadas a cateteres após a implementação em larga escala em UTIs espanholas. Este estudo sugere que a intervenção também pode ser eficaz em diferentes contextos socioeconômicos, até mesmo em sistemas de saúde descentralizados.

Resumo Original:

Objective: Prevention of catheter-related bloodstream infection is a basic objective to optimize patient safety in the ICU. Building on the early success of a patient safety unit-based comprehensive intervention (the Keystone ICU project in Michigan), the Bacteremia Zero project aimed to assess its effectiveness after contextual adaptation at large-scale implementation in Spanish ICUs.

Design: Prospective time series.

Setting: A total of 192 ICUs throughout Spain.

Patients: All patients admitted to the participating ICUs during the study period (baseline April 1 to June 30, 2008; intervention period from January 1, 2009, to June 30, 2010).

Intervention: Engagement, education, execution, and evaluation were key program features. Main components of the intervention included a bundle of evidence-based clinical practices during insertion and maintenance of catheters and a unit-based safety program (including patient safety training and identification and analysis of errors through patient safety rounds) to improve the safety culture.

Measurements and Main Results: The number of catheter-related bloodstream infections was expressed as median and interquartile range. Poisson distribution was used to calculate incidence rates and risk estimates. The participating ICUs accounted for 68% of all ICUs in Spain. Catheter-related bloodstream infection was reduced after 16–18 months of participation (median 3.07 vs 1.12 episodes per 1,000 catheter-days, p < 0.001). The adjusted incidence rate of bacteremia showed a 50% risk reduction (95% CI, 0.39–0.63) at the end of the follow-up period compared with baseline. The reduction was independent of hospital size and type.

Conclusions: Results of the Bacteremia Zero project confirmed that the intervention significantly reduced catheter-related bloodstream infection after large-scale implementation in Spanish ICUs. This study suggests that the intervention can also be effective in different socioeconomic contexts even with decentralized health systems.

Fonte:
Crit Care Med ; 41(10): 2364-2372; 2014. DOI: 10.1097/CCM.0b013e3182923622.
DECS:
infecções relacionadas a cateter, terapia combinada, infecção hospitalar, prática clínica baseada em evidências, avaliação de resultados, UTI, vigilancia da população