Impacto de avaliações repetidas de acreditação hospitalar sobre a qualidade e a confiabilidade: análise de uma série temporal interrompida com duração de 8 anos

Devkaran S ; O'Farrell PN ; Ellahham S ; Arcangel R
Título original:
Impact of repeated hospital accreditation surveys on quality and reliability, an 8-year interrupted time series analysis
Resumo:

OBJETIVO: Avaliar se a reacreditação hospitalar melhora a qualidade, a segurança do paciente e a confiabilidade ao longo de três ciclos de acreditação, testando o modelo do ciclo de vida da acreditação com base em seu efeito sobre medidas de qualidade. DESENHO: A validade do modelo do ciclo de vida foi testada calibrando-se as equações de regressão da série temporal interrompida (STI) para 27 medidas de qualidade. As mudanças na variação na qualidade ao longo dos três ciclos de acreditação foram avaliadas usando o teste de Levene. AMBIENTE: Um hospital acadêmico terciário com 650 leitos em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos. PARTICIPANTES: A cada mês (ao longo de 96 meses), uma amostra aleatória simples de 10% dos prontuários foi selecionada e auditada, resultando em um total de 388.800 observações de 14.500 prontuários. INTERVENÇÕES: O impacto da acreditação hospitalar sobre as 27 medidas de qualidade foi observado durante 96 meses: 1 ano pré-acreditação (2007) e 3 anos pós-acreditação para cada um dos três ciclos de acreditação (2008, 2011 e 2014). DESFECHOS PRINCIPAIS: O modelo do ciclo de vida foi avaliado pela agregação dos dados das 27 medidas de qualidade para produzir uma pontuação composta e para ajustar uma equação de regressão da STI para a média mensal não ponderada da série. RESULTADOS: Os resultados geram algumas evidências da validade das quatro fases do ciclo de vida, a saber: a fase de iniciação, a fase de pré-avaliação, a queda pós-acreditação e a fase de estagnação. Além disso, o modelo do ciclo de vida explica 87% da variação nas medidas de conformidade da qualidade (R(2)=0,87). O modelo ITS com melhor ajuste contém duas variáveis significativas (beta1 e beta3) (p≤0,001). O teste de Levene (p≤0,05) demonstrou uma redução significativa na variação das medidas de qualidade com os ciclos de acreditação subsequentes. CONCLUSÃO: O estudo demonstra que a acreditação tem a capacidade de sustentar melhorias ao longo do ciclo de acreditação. A redução significativa na variação das medidas de qualidade com os ciclos de acreditação subsequentes indica que a acreditação apoia a meta de alta confiabilidade.

Resumo Original:

OBJECTIVE: To evaluate whether hospital re-accreditation improves quality, patient safety and reliability over three accreditation cycles by testing the accreditation life cycle model on quality measures. DESIGN: The validity of the life cycle model was tested by calibrating interrupted time series (ITS) regression equations for 27 quality measures. The change in the variation of quality over the three accreditation cycles was evaluated using the Levene's test. SETTING: A 650-bed tertiary academic hospital in Abu Dhabi, UAE. PARTICIPANTS: Each month (over 96 months), a simple random sample of 10% of patient records was selected and audited resulting in a total of 388 800 observations from 14 500 records. INTERVENTIONS: The impact of hospital accreditation on the 27 quality measures was observed for 96 months, 1-year preaccreditation (2007) and 3 years postaccreditation for each of the three accreditation cycles (2008, 2011 and 2014). MAIN OUTCOME MEASURES: The life cycle model was evaluated by aggregating the data for 27 quality measures to produce a composite score (YC) and to fit an ITS regression equation to the unweighted monthly mean of the series. RESULTS: The results provide some evidence for the validity of the four phases of the life cycle namely, the initiation phase, the presurvey phase, the postaccreditation slump and the stagnation phase. Furthermore, the life cycle model explains 87% of the variation in quality compliance measures (R(2)=0.87). The best-fit ITS model contains two significant variables (beta1 and beta3) (p</=0.001). The Levene's test (p</=0.05) demonstrated a significant reduction in variation of the quality measures (YC) with subsequent accreditation cycles. CONCLUSION: The study demonstrates that accreditation has the capacity to sustain improvements over the accreditation cycle. The significant reduction in the variation of the quality measures (YC) with subsequent accreditation cycles indicates that accreditation supports the goal of high reliability.

Fonte:
; 9(2): 024514; 2019. DOI: 10.1136/bmjopen-2018-024514.