Farmacovigilância forense: uma nova dimensão da farmacovigilância

SEWAL, R. K. ; SAINI, V. K. ; MEDHI, B.
Título original:
Forensic pharmacovigilance: newer dimension of pharmacovigilance
Resumo:

A segurança dos medicamentos administrados aos pacientes tem extrema importância para os profissionais médicos. A farmacovigilância procura assegurar a segurança dos pacientes examinando de perto os padrões de efeitos adversos relacionados com o uso de medicamentos. O número de casos médico-legais tem crescido nos últimos anos. As ciências forenses e a farmacovigilância precisam trabalhar lado a lado para desvendar os mistérios de muitos processos penais e civis. A farmacovigilância oferece seu amplo escopo nas ciências forenses, apresentando seus conhecimentos sobre os perfis de efeitos adversos de medicamentos que podem ser úteis na resolução de casos e na execução da justiça. Isso pode variar desde questões simples, como a definição de uma reação adversa a um medicamento, até questões mais complexas, como a consultoria especializada em processos penais importantes. Os especialistas em farmacovigilância têm de respeitar a ética da profissão ao executarem as suas funções, caso contrário podem macular a justiça e prejudicar a confiança que lhe é depositada pela população. Como uma disciplina científica recente, ela enfrenta muitos obstáculos e desafios, como a relutância dos profissionais médicos em se envolverem em processos judiciais, as extrapolações de fatos e dados e os diferentes códigos de direito em todo o mundo, entre outros. Esses desafios e obstáculos clamam a comunidade médica a trabalhar no sentido da aplicação séria da farmacovigilância nas ciências forenses. As práticas baseadas em evidências, tais como o exame de amostras biológicas para pesquisar a presença de fármacos, podem ser fundamentais para o êxito dessa colaboração entre as ciências.

Resumo Original:

Drug safety for the patients is of paramount importance for a medical professional. Pharmacovigilance attempts to ensure the safety of patients by keeping a close vigil on the pattern of adverse events secondary to drug use. Number of medicolegal cases is at rise since last few years. Forensic sciences and pharmacovigilance need to work hand in hand to unlock the mystery of many criminal and civil proceedings. Pharmacovigilance offers its wide scope in forensic sciences by putting forward its expertise on adverse profile of drugs which may be instrumental in solving the cases and bringing the justice forth. It may range from as simple affairs as defining the adverse drug reaction on one hand to putting expert advice in critical criminal cases on the other one. Pharmacovigilance experts have to abide by the ethics of the practice while executing their duties as expert else it may tarnish the justice and loosen its dependability. As a budding discipline of science, it is confronted with several hurdles and challenges which include reluctance of medical professionals for being involved in court proceedings, extrapolations of facts and data and variations in law across the globe etc. These challenges and hurdles call the medical fraternity come forward to work towards the momentous application of pharmacovigilance in the forensic sciences. Evidence based practice e.g. testing the biological samples for the presence of drugs may prove to be pivotal in the success of this collaboration of sciences.

Fonte:
J Forensic Leg Med ; 34: 113-118; 2015. DOI: 10.1016/j.jflm.2015.05.015.
Nota Geral:

Crédito da imagem em destaque: Drug Information Association