Existe uma lacuna entre a teoria, a prática e a ética? Um estudo de caso sobre a segurança do paciente

Mortell, M.
Título original:
Is there a Theory – Practice – Ethics gap? A Patient Safety Case Study
Resumo:

Este artigo apresenta um estudo de caso para discutir um dilema médico atual que coloca a segurança de um paciente em risco. O dilema envolve a falta de adesão dos profissionais da saúde às melhores práticas e está associado à identificação correta do paciente. Habitualmente, os acadêmicos do setor da saúde afirmam que, quando a prática clínica é inadequada, isto geralmente ocorre em função de uma “lacuna entre a teoria e a prática”. Dentro deste paradigma, frequentemente existe uma lacuna entre os conhecimentos teóricos e a sua aplicação na prática. A maior parte das evidências relacionadas à falta de integração entre a teoria e a prática presume que os fatores ambientais são responsáveis e afetam a aprendizagem e os resultados da prática, daí a “lacuna”. No entanto, o autor acredita que, para eliminar a lacuna entre a teoria e a prática, é preciso considerar um componente adicional, chamado “ética”. Para implementar efetivamente práticas como a identificação correta de um paciente, o usuário deve considerar que essas práticas são importantes e relevantes para a prestação de um cuidado seguro ao paciente em seu papel como profissional da saúde. Isto introduz um novo conceito, ao qual o autor se refere como “a lacuna entre a teoria, a prática e a ética”, que deve ser considerado na avaliação de alguns dos resultados inaceitáveis das práticas de saúde, como a identificação incorreta do paciente.
 

Resumo Original:

This exposé employs a case study to illuminate an ongoing medical dilemma which places a patient's safety at risk. The medical dilemma is one of non-compliance by healthcare professionals and is associated with correct patient identification. Typically, the healthcare academics declare that when clinical practice is inadequate, a “theory-practice gap” is usually responsible. Within this paradigm there is often a gap between theoretical knowledge and its application in practice. Most of the evidence relating to the non-integration of theory and practice makes the assumption that environmental factors are responsible and will affect learning and practice outcomes, hence the “gap”. However, it is the author's belief, that to “bridge the gap” between theory and practice an additional component must be considered, called “Ethics”. In order to effectively implement practices, such as identifying a patient correctly, the user must deem these practices to be important and relevant to provide safe patient care in their role as healthcare providers. This introduces a new concept which the author refers to as the “theory-practice-ethics gap” and must be considered when reviewing some of the unacceptable outcomes in healthcare practice, such as wrong patient identification. 

Fonte:
; 10: 38-42; 2019. DOI: doi.org/10.1016/j.ijans.2018.12.002.