Estresse e esgotamento de enfermeiros na unidade de terapia intensiva neonatal

Braithwaite M.
Título original:
Nurse burnout and stress in the NICU
Resumo:

Os efeitos do estresse e do esgotamento profissional de enfermeiros em unidades de terapia intensiva neonatais (UTINs) – altos níveis de absenteísmo, moral reduzido, fadiga mental e exaustão – podem ter efeitos prejudiciais ao cuidado neonatal. Devido à natureza desta disciplina de enfermagem altamente especializada, os enfermeiros de UTINs podem sofrer altos níveis de estresse psicológico e físico. O esgotamento é uma resposta ao estresse no local de trabalho que resulta em exaustão emocional e mental, despersonalização e diminuição do senso de realização pessoal. A satisfação no trabalho, o apoio emocional e o autocuidado são componentes importantes para prevenir o esgotamento profissional. Dessa forma, o esgotamento profissional de enfermeiros em UTINs tem implicações claras sobre a prática. Tanto os enfermeiros individuais como os líderes administrativos têm a responsabilidade de tomar as medidas necessárias para prevenir o esgotamento profissional de enfermeiros. A prevenção deste fenômeno na UTIN pode levar a melhores taxas de retenção e recrutamento e à prestação de um cuidado neonatal mais seguro.

Resumo Original:

The effects of nurse burnout and stress in a neonatal intensive care unit (NICU)-high levels of absenteeism, low morale, mental fatigue, and exhaustion-can have detrimental effects on neonatal care. Because of the nature of this highly specialized form of nursing, NICU nurses can experience high levels of psychologic and physical stress. Burnout is a response to workplace stress that results in emotional and mental exhaustion, depersonalization, and decreased sense of personal accomplishment. Job satisfaction, emotional support, and self-care are important components for preventing burnout in staff. Therefore, the implications regarding practice and nurse burnout in the NICU are clear. It is the responsibility of both individual nurses and administrative leaders to take the necessary steps to prevent nurse burnout. Preventing this phenomenon in the NICU can lead to better retention and recruitment rates and delivery of safe neonatal care.

Fonte:
; 8(6): 343-347; 2020. DOI: 10.1097/01.ANC.0000342767.17606.d1.