Equilibrando as necessidades dos diferentes grupos de interesse na avaliação de programas de melhoria de qualidade no cuidado de saúde

LEVITON, L. C. ; MELICHAR, L.
Título original:
Balancing stakeholder needs in the evaluation of healthcare quality improvement
Resumo:

As iniciativas de melhoria de qualidade (MQ) afetam uma gama mais ampla de pessoas do que costumamos imaginar — estas formam os possíveis grupos de interesse para a MQ e sua avaliação. Esses grupos têm perspectivas valiosas a oferecer quando consultados no planejamento, na realização e na interpretação das avaliações. Os profissionais de MQ estão acostumados a consultar grupos de interesse para avaliar as consequências não intencionais do cuidado ou as experiências dos pacientes. Em muitos casos, porém, a inclusão de amplos grupos de partes interessadas traz benefícios adicionais, como melhor adesão a normas éticas, garantia de participação de todos os interesses legítimos, informações mais úteis e relevantes e maior compromisso político para melhorar o impacto. O equilíbrio das necessidades de informação dos diversos grupos de interesse requer habilidades políticas e ligadas à gestão da pesquisa. Esses desafios têm poucas respostas fáceis, mas contam com muitas práticas preferenciais, que ilustramos aqui com exemplos concretos.

Palavras-chave: comunicação; tomada de decisões; metodologia de avaliação; melhoria de qualidade

Resumo Original:

Quality improvement (QI) efforts affect a broader range of people than we often assume. These are the potential stakeholders for QI and its evaluation, and they have valuable perspectives to offer when they are consulted in planning, conducting and interpreting evaluations. QI practitioners are accustomed to consulting stakeholders to assess unintended consequences or assess patient experiences of care, but in many cases there are additional benefits to a broad inclusion of stakeholders. These benefits are better adherence to ethical standards, to assure that all legitimate interests take part, more useful and relevant evaluation information and better political buy-in to improve impact. Balancing various stakeholder needs for information requires skill for both politics and research management. These challenges have few pat answers, but several preferred practices, which are illustrated with practical examples.

Fonte:
BMJ Qual Saf ; 2016. DOI: 10.1136/bmjqs-2015-004814.
Nota Geral:

Online First