Envolvimento de pacientes no reconhecimento da deterioração clínica no hospital usando o Questionário sobre o Bem-estar do Paciente: um estudo de métodos mistos

Albutt, A. ; O'Hara, J. ; Conner, M. ; Lawton, R.
Título original:
Involving patients in recognising clinical deterioration in hospital using the Patient Wellness Questionnaire: A mixed-methods study
Resumo:

Contexto: Existem medidas para melhorar o reconhecimento precoce de pacientes em deterioração no hospital e a resposta diante dessas situações. Apesar disso, 7% dos óbitos em hospitais de cuidado agudo notificados ao National Reporting and Learning System do Reino Unido em 2015 estiveram relacionados com a falta de reconhecimento ou resposta diante da deterioração. Foram desenvolvidas intervenções que permitem aos pacientes e familiares comunicar a deterioração de um paciente a uma equipe de resposta de terapia intensiva. No entanto, não existe uma base de evidências sólida sobre a efetividade clínica destas intervenções, nem sobre a capacidade dos pacientes de reconhecerem a deterioração. Objetivos: Os objetivos deste estudo foram: (a) identificar métodos para envolver os pacientes no reconhecimento da deterioração no hospital, criados por profissionais da saúde; (b) desenvolver e avaliar um método identificado de envolvimento de pacientes na prática, e explorar a sua viabilidade e aceitabilidade na perspectiva dos pacientes. Métodos: Este estudo utilizou um desenho de métodos mistos. Desenvolvemos uma medida para captar o bem-estar relatado pelos pacientes durante a observação (Questionário sobre o Bem-estar do Paciente). O questionário foi avaliado através de discussões em grupos focais com profissionais da saúde e pacientes e então testado em enfermarias de internação. Resultados: A aceitação foi limitada nos casos em que foi pedido aos pacientes que classificassem o seu bem-estar utilizando Questionário sobre o Bem-Estar do Paciente por conta própria. No entanto, quando o pesquisador perguntou aos pacientes sobre o seu bem-estar usando o questionário e registrou as respostas durante a observação, o processo foi aceitável para a maioria dos pacientes. Conclusões: Este estudo desenvolveu uma medida que pode ser usada para coletar rotineiramente o bem-estar relatado pelos pacientes durante a observação no hospital e que tem o potencial para melhorar a detecção precoce da deterioração. 
 

Resumo Original:

Background: Measures exist to improve early recognition of, and response to deteriorating patients in hospital. Despite these, 7% of the deaths reported to the National Reporting and Learning System from acute hospitals in 2015 related to a failure to recognise or respond to deterioration. Interventions have been developed that allow patients and relatives to escalate patient deterioration to a critical care outreach team. However, there is not a strong evidence base for the clinical effectiveness of these interventions, or patients' ability to recognise deterioration. Aims: The aims of this study were as follows. (a) To identify methods of involving patients in recognising deterioration in hospital, generated by health professionals. (b) To develop and evaluate an identified method of patient involvement in practice, and explore its feasibility and acceptability from the perspectives of patients. Methods: The study used a mixed-methods design. A measure to capture patient-reported wellness during observation was developed (Patient Wellness Questionnaire) through focus group discussion with health professionals and patients, and piloted on inpatient wards. Results: There was limited uptake where patients were asked to record ratings of their wellness using the Patient Wellness Questionnaire themselves. However, where the researcher asked patients about their wellness using the Patient Wellness Questionnaire and recorded their responses during observation, this was acceptable to most patients. Conclusions: This study has developed a measure that can be used to routinely collect patient-reported wellness during observation in hospital and may potentially improve early detection of deterioration. 
 

Fonte:
; 2019. DOI: 10.1177/1744987119867744.