Efeito de antibióticos administrados por via trato respiratório na prevenção de pneumonia associada à ventilação mecânica: uma revisão sistemática e metanálise

PÓVOA, F. C. C. ; CARDINAL-FERNANDE, P ; MAIA, I. S. ; REBOREDO, M. M. ; PINHEIRO, B. V.
Título original:
Effect of antibiotics administered via the respiratory tract in the prevention of ventilator-associated pneumonia: A systematic review and meta-analysis
Resumo:

Objetivos: Avaliamos o efeito de antibióticos administrados via trato respiratório na prevenção de pneumonia associada à ventilação(PAV) em pacientes ventilados mecanicamente (VM).

Métodos: Sobre a ocorrência de PAVM, pesquisamos a literatura relevante em busca de estudos que avaliassem o impacto de antibióticos profiláticos administrados pelo trato respiratório. O desfecho primário foi a ocorrência de PAVM em pacientes submetidos à ventilação mecânica (VM).

Resultados: Incluímos 6 estudos comparativos que envolveram 1.158 pacientes (dos quais 632 receberam antibióticos profiláticos). Nossa metanálise revelou que antibióticos profiláticos administrados pelo trato respiratório reduziram a ocorrência de PAVM em comparação com placebo ou ausência de tratamento (OR 0,53; IC 95% 0,34-0,84). Este efeito foi observado quando os antibióticos foram administrados por nebulização (OR 0,46; IC 95% 0,22-0,97), mas não por instilação intratraqueal (OR 0,57; IC 95% 0,28-1,15). Não encontramos diferenças significativas entre os grupos em termos de mortalidade na unidade de terapia intensiva (UTI) (OR 0,89; IC 95% 0,64-1,25). A profilaxia com antibiótico não teve impacto na ocorrência de PAVM por patógenos multirresistentes (OR 0,67; IC 95% 0,17-2,62).

Conclusão: Antibióticos profiláticos administrados por nebulização através do trato respiratório reduzem a ocorrência de PAVM, sem efeitos significativos sobre a mortalidade na UTI ou a ocorrência de PAVM por patógenos multirresistentes.

Palavras-chave: Ventilação mecânica; metanálise; antibióticos profiláticos; revisão sistemática; pneumonia associada à ventilação mecânica

Resumo Original:

Purpose: We evaluated the effect of antibiotics administered via the respiratory tract to prevent the ventilator-associated pneumonia (VAP) in mechanically ventilated (MV) patients.

Methods: We searched relevant articles for trials that evaluated the impact of prophylactic antibiotics administered through the respiratory tract on the occurrence of VAP. The end-point was the occurrence of VAP in MV patients.

Results: We included 6 comparative trials involving 1158 patients (632 received prophylactic antibiotic). Our meta-analysis revealed that prophylactic antibiotics administered through the respiratory tract reduced the occurrence of VAP when compared to placebo or no treatment (OR 0.53; 95% CI 0.34-0.84). This effect was seen when the antibiotics were given by nebulization (OR 0.46; 95% CI 0.22-0.97), but not when they were administered by intratracheal instillation (OR 0.57; 95% CI 0.28-1.15). We did not find a significant difference between the compared groups in the intensive care unit (ICU) mortality (OR 0.89; 95% CI 0.64-1.25). Antibiotic prophylaxis did not impact occurrence of VAP due to multidrug resistant (MDR) pathogens (OR 0.67; 95% CI 0.17-2.62).

Conclusions: Prophylactic antibiotics administered through the respiratory tract by nebulization reduce the occurrence of VAP, without a significant effect on either the ICU mortality or occurrence of VAP due to MDR pathogens.

Keywords: Mechanical ventilation; Meta-analysis; Prophylactic antibiotics; Systematic review; Ventilator-associated pneumonia.

Fonte:
J Crit Care ; 240-245; 2018. DOI: 10.1016/j.jcrc.2017.09.019.
Nota Geral:

Online First