Confiabilidade e validade da versão brasileira do HSOPSC: um estudo de reavaliação.

REIS, Cláudia Tartaglia
Título original:
Confiabilidade e validade da versão brasileira do HSOPSC: um estudo de reavaliação.
Resumo Original:

O estudo teve como objetivo reavaliar as propriedades psicométricas da versão do Hospital Survey on Patient Safety Culture (HSOPSC) adaptada para o português, para uso no contexto brasileiro. Foi realizado um estudo observacional, transversal, em um hospital particular sem fins lucrativos, referência em segurança do paciente, localizado em uma metrópole brasileira. Os participantes foram selecionados a partir de uma amostra não-probabilística de todos os funcionários elegíveis de diversos departamentos hospitalares, convidados a participar no estudo. A confiabilidade do HSOPSC foi avaliada pela estimativa do alfa de Cronbach para cada dimensão. Foram usadas análise fatorial confirmatória (AFC), uma matriz de correlações entre as dimensões e modelagem de equações estruturais (MEE) na análise exploratória e confirmatória da validade estrutural do construto. Houve uma taxa global de resposta de 18,7% (n = 1.439). Quatro dimensões (“percepção geral de segurança do paciente”; “recursos humanos”; “trabalho de equipe entre unidades” e “resposta não-punitiva aos erros”) apresentaram problemas de consistência interna. A AFC mostrou um ajuste aceitável em relação ao modelo original de 12 dimensões. As correlações entre as dimensões do modelo original de 12 dimensões indicaram problemas de validade discriminante, enquanto a variância residual foi maior de 0,70 em 13 itens. A MEE do modelo original de 12 dimensões mostrou bom ajuste, com os seguintes índices: CFI = 0,985; TLI = 0,968 e RMSEA = 0,026 (IC90%: 0,024-0,029). Embora tenham superado a primeira avaliação, os resultados obtidos nesta reavaliação da validade e confiabilidade da versão do questionário traduzida e adaptada para o contexto brasileiro indicam a necessidade de mais estudos.

Fonte:
; 35(8): 2019. DOI: doi.org/10.1590/0102-311x00246018.