Carga de trabalho da equipe de enfermagem e segurança do paciente - estudo com método misto na abordagem ecológica restaurativa

MAGALHÃES, A. M. M. ; DALLl'AGNOL, C. M. ; MARCK, P. B.
Resumo:

Objetivo: analisar a carga de trabalho da equipe de enfermagem e sua potencial relação com a segurança do paciente, em unidades de internação das áreas clínica e cirúrgica de um hospital universitário.

Método: adotou-se um método misto de pesquisa com desenho sequencial explanatório.

Resultado: a etapa quantitativa inicial do estudo sugere que o aumento do número de pacientes designados para a equipe de enfermagem implica em aumento das taxas de queda do leito, infecções relacionadas ao cateter vascular central, rotatividade de profissionais e absenteísmo. Durante a etapa qualitativa subsequente, a equipe de enfermagem destacou os cuidados relacionados à administração de medicação, banho de leito e transporte de pacientes, como aqueles que mais repercutem na carga de trabalho e mais representam riscos para a segurança do paciente, dos profissionais e do ambiente.

Conclusões: os achados deste estudo evidenciaram associações significativas entre carga de trabalho e a segurança dos pacientes. Observa-se que os quadros de pessoal com menos pacientes apresentaram os melhores indicadores de qualidade assistencial e gerencial de segurança do paciente. Além disso, os princípios do pensamento ecológico e restaurativo contribuíram para a compreensão de alguns dos aspectos envolvidos nessa intricada relação, a partir dos olhares dos próprios profissionais e também promoveram abordagem participativa para o estudo desse tema

Fonte:
Rev. Latino-Am. Enfermagem ; 21: 146-154 ; 2013. DOI: 10.1590/S0104-11692013000700019 .
DECS:
serviço hospitalar de enfermagem, carga de trabalho, recursos humanos de enfermagem no hospital, gestão de risco, segurança do paciente