Caracterização das quedas de pacientes segundo notificação em boletins de eventos adversos

PAIVA, M. C. M. S. ; PAIVA, S. A. R. ; BERTI, H. W. ; CAMPANA, A. O.
Título original:
Caracterización de las caídas de pacientes de acuerdo a las notificaciones en boletines de eventos adversos
Resumo:

Este estudo foi desenvolvido com o objetivo de caracterizar as quedas de pacientes internados ocorridas em hospital terciário. Foram analisados 826 Boletins de Notificação de Eventos Adversos, de um período de 30 meses, que registraram 0,30 quedas por 1000 pacientes/dia. Quedas do leito foram mais frequentes (55%), com maior prevalência na enfermaria de neurologia. Maior frequência de quedas foi verificada no período noturno (63,7%), nos primeiros cinco dias da admissão (61,7%), nos pacientes de sexo masculino (57,5%) e na faixa etária maior de 60 anos (50%). Nos casos de quedas do leito, os diagnósticos relacionaram-se a doenças infecciosas e parasitárias (18,2%), doenças do sistema nervoso (18,2%) e doenças do aparelho circulatório (13,7%). Nas quedas da própria altura, os diagnósticos relacionaram-se a neoplasias (19,4%) e doenças do aparelho geniturinário (16,1%). A caracterização desses eventos adversos auxilia no reconhecimento dos grupos de maior risco e na elaboração de propostas preventivas.

Descritores: Cuidados de enfermagem; Acidentes por quedas; Administração hospitalar; Indicadores de qualidade em assistência à saúde.

Fonte:
Rev Esc Enferm USP ; 44(1): 124-8; 2010. DOI: 10.1590/S0080-62342010000100019 .