Avaliação e gestão do risco de quedas em ambientes de atenção primária

PHELAN, E. A. ; MAHONEY, J. E. ; VOIT, J. C. ; STEVENS, J. A.
Título original:
Assessment and management of fall risk in primary care settings
Resumo:

As quedas de pessoas idosas não são puramente acidentais nem inevitáveis; a pesquisa mostra que muitas quedas são evitáveis. Os prestadores de atenção primária desempenham um papel fundamental na prevenção de quedas. No entanto, a avaliação e a gestão do risco de quedas são realizadas com pouca frequência em ambientes de atenção primária. Este artigo apresenta as linhas gerais de uma abordagem clinicamente relevante e baseada em evidências para a avaliação e a gestão do risco de quedas. Descrevemos os recursos, incluindo o kit de ferramentas STEADI (Stopping Elderly Accidents, Deaths, and Injuries — Evitar Acidentes, Mortes e Lesões em Pessoas Idosas), que podem ajudar os prestadores a integrar a prevenção de quedas em sua prática.

Palavras-chave: Quedas acidentais; Idosos; Serviços de saúde comunitários; Serviços de saúde preventiva – organização e administração; Prevenção primária; Avaliação e gestão de riscos; Prevenção secundária; Feridas e lesões.

Resumo Original:

Falls among older adults are neither purely accidental nor inevitable; research has shown that many falls are preventable. Primary care providers play a key role in preventing falls. However, fall risk assessment and management is performed infrequently in primary care settings. This article provides an overview of a clinically relevant, evidence-based approach to fall risk screening and management. It describes resources, including the STEADI (Stopping Elderly Accidents, Deaths, and Injuries) tool kit that can help providers integrate fall prevention into their practice.

Fonte:
Med. Clin. North Am. ; 99(2): 281-293; 2015. DOI: 10.1016/j.mcna.2014.11.004.