Avaliação da contribuição das conferências de morbidade e mortalidade para a melhoria da qualidade e da segurança: um inquérito sobre as percepções dos participantes

LECOANET, A. ; VIDAL-TRECAN, G. ; PRATE, F. ; QUARANTA, J. F. ; SELLIER, E. ; GUYOMARD, A. ; SEIGNEURIN, A.
Título original:
Assessment of the contribution of morbidity and mortality conferences to quality and safety improvement: a survey of participants' perceptions
Resumo:

Contexto: Faltam evidências sobre a efetividade das conferências de morbidade e mortalidade na melhoria da segurança do paciente. O objetivo deste estudo foi avaliar a opinião dos participantes em relação aos benefícios e ao funcionamento das conferências, segundo as suas características organizacionais.

Métodos: Realizamos um inquérito com profissionais envolvidos em conferências de morbidade e mortalidade utilizando um questionário autoadministrado em três hospitais universitários franceses em 2012. O questionário concentrou-se no funcionamento das conferências, nos benefícios percebidos, nas motivações dos participantes e em como as conferências poderiam ser melhoradas. As percepções dos participantes foram analisadas segundo as características das conferências de morbidade e mortalidade.

Resultados: No total, 698 participantes de 54 conferências responderam ao questionário. Em sua maioria (91%), os participantes mostraram-se satisfeitos com a forma como a conferência de morbidade e mortalidade da qual participaram foi realizada. Melhorias na qualidade do cuidado e na segurança do paciente foram os principais benefícios percebidos pelos participantes. Os participantes consideraram que as conferências foram efetivas na melhoria da segurança principalmente quando os casos foram analisados de forma aprofundada (odds ratio ajustada [ORa]=2,31 [1,14-4,66]). A existência de um protocolo escrito (p=0,05), o uso de uma apresentação padronizada dos casos (p=0,049) e a divulgação prévia da agenda da reunião (p=0,02) também estiveram associados à percepção de efetividade das conferências. O desenvolvimento e a realização de iniciativas de melhoria estiveram associados a uma maior percepção de efetividade das conferências de morbidade e mortalidade (p<0,01). Os participantes sugeriram que uma maior participação de profissionais médicos e paramédicos nas conferências aumentaria a sua efetividade.

Conclusões: As conferências de morbidade e mortalidade foram avaliadas positivamente. Estes resultados sugerem que a existência de um protocolo estruturado e a análise aprofundada dos casos melhoram a sua efetividade.

Resumo Original:

Background: Evidence for the effectiveness of the morbidity and mortality conferences in improving patient safety is lacking. The aim of this survey was to assess the opinion of participants concerning the benefits and the functioning of morbidity and mortality conferences, according to their organizational characteristics.

Methods: We conducted a survey of professionals involved in a morbidity and mortality conference using a self-administered questionnaire in three French teaching hospitals in 2012. The questionnaire focused on the functioning of morbidity and mortality conferences, the perceived benefits, the motivations of participants, and how morbidity and mortality conferences could be improved. The perception of participants was analysed according to the characteristics of morbidity and mortality conferences.

Results: A total of 698 participants in 54 morbidity and mortality conferences completed the questionnaire. Most of them (91 %) were satisfied with how the morbidity and mortality conference they attended was conducted. The improvements in healthcare quality and patient safety were the main benefits perceived by participants. Effectiveness in improving safety was mainly perceived when cases were thoroughly analysed (adjusted odds ratio [a0R] =2.31 [1.14-4.66]). The existence of a written charter (p = 0.05), the use of a standardized case presentation (p = 0.049), and prior dissemination of the meeting agenda (p = 0.02) were also associated with the perception of morbidity and mortality conference effectiveness. The development and achievement of improvement initiatives were associated with morbidity and mortality conferences perceived as being more effective (p < 0.01). Participants suggested improving the attendance of medical and paramedical professionals to enhance the effectiveness of morbidity and mortality conferences.

Conclusions: Morbidity and mortality conferences were positively perceived. These results suggest that a structured framework and thoroughly analyzing cases improve their effectiveness.KEYWORDS:Hospital; Morbidity and mortality conferences; Patient safety; Quality improvement

Fonte:
BMC Health Serv Res ; 16(176): 2016. DOI: 10.1186/s12913-016-1431-5.