Aprendizagem compartilhada em contextos nacionais e internacionais: uma colaboração para a pesquisa e a inovação destinada a melhorar a educação para a segurança do paciente

Steven, A ; Tella, S. ; Turunen, H. ; Flores Vizcaya-Moreno, M. ; Pérez-Cañaveras, R.M. ; Porras, J. ; Bagnasco, A
Título original:
Shared learning from national to international contexts: a research and innovation collaboration to enhance education for patient safety
Resumo:

CONTEXTO: A segurança do paciente é fundamental para o cuidado de saúde em todo o mundo, e a educação é essencial para melhorar a prática. Baseamo-nos em vínculos existentes para desenvolver o grupo Shared LearnIng from Practice to improve Patient Safety (SLIPPS, “Aprendizagem compartilhada com a prática para melhorar a segurança do paciente”). O grupo incorpora experiências com educação, pesquisa, serviços de saúde, organização do cuidado de saúde e computação oriundas da Noruega, Espanha, Itália, Reino Unido e Finlândia. Em 2016, recebemos cofinanciamento do programa Erasmus+, da União Europeia, para conduzir um projeto de 3 anos. OBJETIVO: O projeto SLIPPS visa desenvolver uma ferramenta para reunir eventos de aprendizagem relacionados à segurança do paciente junto dos estudantes de cada país e utilizá-los tanto para aprofundar a pesquisa a fim de compreender a prática como para desenvolver atividades educativas (seminários virtuais, cenários simulados e um conceito para um jogo). Descrição do estudo: O projeto SLIPPS está bem encaminhado. Baseia-se em três conjuntos de trabalhos teóricos: (1) a noção dos diversos contextos de conhecimento existentes no meio acadêmico, na prática e no nível organizacional, (2) a teoria da prática reflexiva e (3) a teoria da aprendizagem experiencial. O projeto se baseia no reconhecimento da posição única ocupada pelos alunos ao percorrerem esses contextos, vivenciando e refletindo sobre eventos de aprendizagem importantes relacionados à segurança do paciente. Até o momento, já empreendemos o desenvolvimento da ferramenta SLERT (SLIPPS Learning Event Recording Tool) e começamos a reunir descrições de eventos e reflexões. CONCLUSÕES: Os elementos fundamentais para o sucesso sustentado do projeto SLIPPS são as relações e a abertura mútua para enxergar as situações a partir de diversas perspectivas e culturas. 

Resumo Original:

Background: Patient safety is key for healthcare across the world and education is critical in improving practice. We drew on existing links to develop the Shared LearnIng from Practice to improve Patient Safety (SLIPPS) group. The group incorporates expertise in education, research, healthcare, healthcare organisation and computing from Norway, Spain, Italy, the UK and Finland. In 2016 we received co-funding from the Erasmus + programme of the European Union for a 3-year project. Aim: SLIPPS aims to develop a tool to gather learning events related to patient safety from students in each country, and to use these both for further research to understand practice, and to develop educational activities (virtual seminars, simulation scenarios and a game premise). Study outline: The SLIPPS project is well underway. It is underpinned by three main theoretical bodies of work: the notion of diverse knowledge contexts existing in academia, practice and at an organisational level; the theory of reflective practice; and experiential learning theory. The project is based on recognition of the unique position of students as they navigate between contexts, experience and reflect on important learning events related to patient safety. To date, we have undertaken the development of the SLIPPS Learning Event Recording Tool (SLERT) and have begun to gather event descriptions and reflections. Conclusions: Key to the ongoing success of SLIPPS are relationships and reciprocal openness to view things from diverse perspectives and cultures. © The Author(s) 2019.

Fonte:
; 24(3-4): 149-164; 2019. DOI: 10.1177/1744987118824628.